José Nery: Estabilidade do Brasil é de papel crepom

O país está frágil tanto nas esferas monetária e financeira quanto do ponto de vista comercial, produtivo e tecnológico

Copa do Mundo vai acelerar execução de obras, diz ministro
Contribuinte poderá verificar pendências com o Imposto de Renda pela internet
Exportações de produtos industrializados de Mato Grosso do Sul dobram em maio

O senador José Nery (PSOL-PA) alertou nesta quinta-feira (8) para a “enorme vulnerabilidade externa” do Brasil em face da crise global dos mercados financeiro e de capitais. Para o parlamentar, o país está frágil tanto nas esferas monetária e financeira quanto do ponto de vista comercial, produtivo e tecnológico.

– Concordo com o economista Reinaldo Gonçalves quando afirma que a estabilidade do Brasil, na verdade, é falsa. É uma estabilidade de papel crepom – disse o senador.

O senador observou que as reservas internacionais brasileiras correspondem hoje ao valor da dívida externa, enquanto a dívida interna é cinco vezes maior que as reservas, com um valor superior a R$ 1 trilhão. Somente o passivo de curto prazo equivale a três vezes as reservas.

José Nery cobrou do governo explicações urgentes ao povo. Na opinião deles, o Senado deve exigir do governo informações acerca da gravidade dos efeitos da crise norte-americana na economia brasileira. O parlamentar acha também que o as autoridades do Executivo devem colocar o Congresso a par das medidas que estão sendo tomadas.

– Todas as vezes em que vivemos crises econômicas, em vez de proteger os mais humildes, os poupadores e os assalariados, os pacotes governamentais se preocupam em salvar da falência os especuladores e os banqueiros, tudo em nome da estabilidade do capital – protestou o senador.

Link para a matéria

COMMENTS