Rodovias do Paraná ganham novas plataformas de pesagem de veículos

O processo, autorizado pelo governador Roberto Requião, prevê investimentos de, no máximo, R$ 572 mil na estrutura a ser implantada na PR-092, entre Andirá e Porto Leopoldino, na divisa com São Paulo

São Sebastião: 30 vezes mais carga
Próxima safra de grãos deve ter quebra de 10%, calcula CNA
Ao exigir segregação de transgênicos Portos Paranaenses se alinharam às leis nacionais e internacionais

A instalação da última plataforma de pesagem de veículos da região Norte do Paraná entrou em licitação nesta semana. O processo, autorizado pelo governador Roberto Requião, prevê investimentos de, no máximo, R$ 572 mil na estrutura a ser implantada na PR-092, entre Andirá e Porto Leopoldino, na divisa com São Paulo.

Segundo o secretário especial para Assuntos Rodoviários, Rogério W. Tizzot, a obra faz parte de um amplo planejamento para garantir a integridade do pavimento das rodovias paranaenses, incluindo o Programa Conserva Total, com licitação em andamento, e a implantação das plataformas, que vão permitir operações de pesagem para coibir o excesso de cargas.

“Estamos intensificando a fiscalização do peso dos caminhões que trafegam pelo Estado, para evitar a destruição das estradas. Neste ano serão concluídas as obras de construção de mais seis plataformas de pesagem e a aquisição de outras seis balanças móveis. Somente com esse tipo de operação, o DER vai investir R$ 4,7 milhões em 2008”.

A previsão, ainda de acordo com Tizzot, é atuar em 24 pontos de pesagem espalhados pelo Estado com seis equipes de funcionários do próprio Departamento de Estradas de Rodagem (DER).

NORTE – Apenas na região Norte, que recebe intenso tráfego de caminhões trazendo a produção de São Paulo para o Porto de Paranaguá, são sete plataformas. Seis delas já estão concluídas.

O secretário Tizzot acrescentou que na PR-092, especialmente neste trecho entre Andirá e Porto Leopoldino, a fiscalização é fundamental. “Existe ali uma rota alternativa ao pedágio (Jacarezinho, BR-369), o que aumenta consideravelmente o tráfego na via estadual. Antes que o pavimento esteja deteriorado, estamos trabalhando na conservação da via e na prevenção, banindo o excesso de carga”.

Já estão instaladas plataformas nos seguintes trechos da superintendência regional Norte do DER: PR-092, em Siqueira Campos; PRC-153, entre Ibaiti e Ventania; PR-090, em Ventania; PR-445, em Londrina; PR-082, em Placa Luar; e na PR-170, em Porto Capim.

OPERAÇÕES – Para reforçar o trabalho, o DER tem realizado também operações de pesagem com balanças móveis. Para o secretário Tizzot, a utilização de balanças móveis garante agilidade e eficiência às operações.

“Muitos caminhoneiros procuram caminhos alternativos quando há uma balança fixa. A balança móvel é um elemento surpresa que evita este tipo de prática e um reforço na conservação das nossas estradas”, afirmou.

“Os transportadores têm que se conscientizar que a rodovia que eles estão destruindo hoje, ao trafegar com excesso de peso, é a mesma que será utilizada por eles na próxima viagem”, ressaltou.

Link para a matéria

COMMENTS