Projeto exige equipamento que reduz poluição de motos

As motocicletas de baixa cilindrada não dispõem desse equipamento e, pelo fato de terem carburadores, poluem de 7 a 10 vezes mais que um carro

Ferrovia fecha contrato de transporte 1,8 mi de toneladas
Câmara aprova atualização do Sistema Nacional de Viação
Milhões para recuperar estradas

A Câmara examina o Projeto de Lei 3700/08, do deputado Hermes Parcianello (PMDB-PR), que obriga as montadoras e fabricantes a adotarem a injeção eletrônica de combustível em todos os modelos de motocicletas. O deputado ressalta que esse sistema, em combinação com o catalisador, diminui as emissões de gases tóxicos na atmosfera. Isso ocorre porque a injeção eletrônica fornece um controle altamente preciso da relação ar/combustível.

O parlamentar ressalta que as motocicletas de baixa cilindrada não dispõem desse equipamento e, pelo fato de terem carburadores, poluem de 7 a 10 vezes mais que um carro. Além da preservação ambiental, o autor afirma que o projeto também proporcionará maior economia de combustível.

Segundo o Departamento Nacional de Trânsito (Denatran), em maio deste ano já haviam sido registradas mais de 10 milhões de motocicletas no Brasil, que representam quase 20% dos veículos do País.

Tramitação
O projeto será analisado, em caráter conclusivo, pelas comissões de Desenvolvimento Econômico, Indústria e Comércio; e de Constituição e Justiça e de Cidadania.

Íntegra da proposta:
– PL-3700/2008

Link para a matéria

COMMENTS