Scania faz uso criativo do rodízio dos caminhões em São Paulo

Scania cria alternativa para os caminhões que ficam parados por causa do rodízio em São Paulo

Volvo Construction Equipment Latin America cresce 69% em 2010
Projeto torna obrigatório uso de vidros reflexivos em ônibus
41,5% dos motoristas fiscalizados não têm certificado de verificação de cronotacógrafo, aponta Ipem-SP

A Scania, por meio de sua rede de serviços, encontrou uma forma criativa de aproveitar o tempo de parada nos horários de rodízio dos caminhões. Durante os horários de restrição à circulação, é possível deixar os caminhões em uma das quatro Casas Scania mais próximas das entradas da cidade.

De acordo com Francisco Gilmar Rizzuti, gerente de Geral da área de Serviços da Codema (concessionária Scania), a iniciativa é uma boa alternativa para evitar o desperdício de tempo durante o horário de rodízio. “Para evitar que o caminhão permaneça parado até o final do horário do rodízio, o transportador pode aproveitar esse tempo para levá-lo à revisão, que inclui as trocas de óleo e filtro. Assim, ele pode ficar em nossas salas de espera enquanto o serviço é executado”, explica Rizzuti.

Os motoristas que vêm do litoral podem utilizar a Casa Scania de São Bernardo do Campo ou a concessionária de Santo André. Quem trafega pela Dutra pode deixar o caminhão na unidade da cidade Guarulhos. Outra alternativa de chegada a São Paulo é pelo sistema Anhanguera-Bandeirantes, onde a Casa de Jundiaí, localizada próxima à Anhanguera, também oferece os mesmos serviços para os veículos da marca Scania.

As oficinas funcionam das 8 às 17h48, mas, dependendo da necessidade do cliente, o expediente pode se estender até as 21 horas. “Às vezes, é preciso abrir o motor ou mexer na caixa de câmbio. Nesses casos, os trabalhos são mais demorados”, finaliza o gerente Rizzuti.

COMMENTS