Lucro da Volkswagen avança 35% no 2º trimestre

O desempenho positivo foi atribuído ao crescimento da demanda pelos novos modelos da empresa

Carga aérea cresce em meio a perdas das empresas do setor
Porto de Rio Grande cresce 35% até fevereiro
Trânsito alterado na BR-116 até sexta

A Volkswagen, maior montadora da Europa, informou hoje que seu lucro líquido cresceu 35% no segundo trimestre de 2008, para US$ 1,64 bilhão (US$ 2,58 bilhões), em relação ao mesmo período do ano anterior, quando a companhia obteve um lucro líquido de US$ 1,22 bilhão.

O desempenho positivo foi atribuído ao crescimento da demanda pelos novos modelos da empresa, como o utilitário esportivo compacto Tiguan. O resultado foi superior ao projetado pelos analistas, que previam um lucro líquido de US$ 1,29 bilhão. As vendas da montadora cresceram 4,5% entre abril e junho, para US$ 29,5 bilhões.

Martin Winterkorn, chefe-executivo da Volkswagen, espera que os novos modelos de veículos impulsionem as vendas e elevem o lucro operacional de 2008 para um patamar superior ao registrado no ano passado, quando a empresa obteve ganho de US$ 6,15 bilhões.

A companhia alemã planeja construir uma planta em Chattanooga, cidade do Estado norte-americano de Tennessee, que seria a primeira implantação de uma linha de produção nos Estados Unidos desde 1988. A medida visa finalizar com cinco anos consecutivos de perdas no maior mercado automotivo do mundo. A Volkswagen também abriu uma fábrica na Rússia em novembro de 2007. 

COMMENTS