Volvo torna seus ônibus ainda mais seguros com tecnologia de ponta

Volvo torna seus ônibus ainda mais seguros com tecnologia de ponta

Novo sistema de segurança ativa da marca traz ferramentas para chegar o mais próximo possível do nível zero de acidentes. Sistema limita a velocidade dos veículos, tem frenagem ativa e auxilia o motorista em diversos momentos, tornando a viagem mais segura e confortável

Quer melhorar a gestão de pneus da sua frota? A Goodyear oferece uma solução
Um caminhão que inspira rodar pelo mundo
Mercedes-Benz está de casa nova em Bauru (SP)

A Volvo tem por tradição trabalhar a questão da segurança desde o começo de suas operações. É dela a patente do cinto de segurança de três pontas e de diversos outros dispositivos que ajudam o trânsito a ser menos violento.

Agora, a empresa anunciou seu novo Sistema de Segurança Ativa, que equipa seus ônibus da nova geração. E a novidade está sendo implementada por duas empresas de transporte de passageiros, especializadas em turismo: a Transacácia, de Maringá, no Paraná, e a Pedra Azul, do Espírito Santo, acabam de adquirir a nova versão do SSA. “Somos líderes mundiais em segurança e no Brasil não é diferente”, declara Fabiano Todeschini, presidente da Volvo Buses Latin America.

Segundo a fabricante, o SSA é um conjunto completo recursos de segurança ativa que contribuem decisivamente para apoiar o motorista e melhorar a operação. O sistema principal é o Aviso de Colisão Frontal com Frenagem de Emergência. Ele funciona com um radar e uma câmera que monitoram o espaço à frente do ônibus. O motorista recebe avisos sonoro e visual caso a distância esteja diminuindo, indicando sonolência ou distração, por exemplo. Caso não diminua a velocidade, o sistema faz uma pré-frenagem e até uma frenagem total de emergência, em caso de acidente iminente.

O “Aviso de Mudança de Faixa” é a tecnologia que entra em ação quando o ônibus passa sobre as faixas da pista à esquerda ou à direita, sem ligar as setas, indicando desatenção ou descuido. Além de emitir sinais sonoro e visual no display do painel, o dispositivo faz vibrar o assento do motorista. Já o “Sinal de Alerta no Para-brisa” (Heads Up Display) é um recurso exclusivo da Volvo no mercado brasileiro de ônibus. Como o próprio nome diz, uma barra vermelha de luzes de Led é projetada no para-brisa para o condutor visualizar mais facilmente um eventual risco de impacto com outro veículo.

O “Piloto Automático Adaptativo” é o sistema que mantém um distanciamento previamente definido pelo condutor em relação ao veículo à frente, mantendo sempre uma distância segura. O “Assento Vibratório” é o dispositivo de segurança que também alerta o motorista em caso de mudança de faixa sem acionar o pisca-pisca. É a única tecnologia de segurança do pacote do SSA que precisa ser instalada com o encarroçamento do ônibus.

O SSA Volvo está disponível em todas as configurações – 4×2, 6×2 e 8×2 – de chassis rodoviários da marca, com motor traseiro.

Outro sistema que passa a estar disponível de forma regular em ônibus rodoviários é o “Controle Automático de Velocidade”, uma tecnologia exclusiva Volvo. Por meio de GPS é possível identificar com precisão onde o veículo está circulando e reduzir, de forma automática, a velocidade em áreas críticas como curvas perigosas, dentro de terminais rodoviários etc, independente da ação do motorista. Para ativar o sistema o operador do veículo define os pontos em que deseja reduzir a velocidade e faz a programação remota, usando a plataforma de conectividade Volvo. A tecnologia permite reprogramação a qualquer momento, ajustando a velocidade máxima do veículo de forma remota e instantânea, de acordo com a necessidade de cada empresa de transporte.

“Os nossos chassis já têm há muito tempo uma série de tecnologias de segurança standard. O pacote opcional SSA é mais uma solução que fortalece a posição da Volvo no mercado”, observa Paulo Arabian, diretor comercial de ônibus da Volvo no Brasil. Os ônibus rodoviários da Volvo já saem de fábrica desde 2007 com o ESP (Programa Eletrônico de Estabilidade), um dos mais modernos dispositivos de segurança veicular ativa, que reduz a possibilidade de derrapagem e de capotagem em curvas fechadas. O ABS (Sistema Antibloqueio das Rodas) foi introduzido em ônibus pela Volvo em 1991. Os freios a disco e o EBS (freios com controle eletrônico) são oferecidos pela marca há 12 anos.

De acordo com a fabricante, o pacote de segurança ativa tem custo adicional de R$ 25 mil na compra dos chassis da marca. E, segundo os clientes, não é custo, é investimento.

Estradas mais seguras, ônibus mais confortáveis: o Brasil agradece.

Leo Doca – Editor-chefe da Agência Transporta Brasil
agencia@transportabrasil.com.br

+ Saiba tudo do mundo do transporte rodoviário. Curta nossa página no Facebook!
Agência Transporta Brasil – ATB

COMMENTS