FPT promove “pesca” de plástico em Minas Gerais

FPT promove “pesca” de plástico em Minas Gerais

Em uma ação de defesa do meio ambiente, a fabricante mineira de motores realizou a limpeza das margens de um dos cartões postais de Sete Lagoas, a Lagoa da Boa Vista

União Europeia aprova novas regras para cabines de caminhões
Brasil já emplacou 46.867 caminhões em 2019
Quer locar um caminhão? Com a Vamos é possível!

A FPT Industrial, tradicional fabricante mineira de motores e equipamentos, do Grupo CHN, está preocupada com o meio ambiente. Por isso, promoveu neste fim de semana uma “pesca de plástico” nas margens da Lagoa da Boa Vista, um dos pontos turísticos da cidade de Sete Lagoas, sede de sua fábrica.

Trabalhadores da empresa visitaram a lagoa e realizaram uma limpeza de suas margens, com a ajuda da população local e da Secretaria Municipal de Meio Ambiente. “Cada um de nós tem um papel a ser desempenhado na melhoria do meio ambiente para o futuro do Planeta Terra. A FPT Industrial se move nessa direção por meio de ações concretas e coletivas“, aponta o gerente de Operações da planta da FPT Industrial em Sete Lagoas, Mario Coriale.

Fotos: Bruno Gonzada/FPT Industrial

A ação também aconteceu na fábrica de Córdoba, na Argentina. E o projeto é global: na Itália, sede mundial da CNH, a pesca de plástico teve como resultado a coleta de mais de seis toneladas de resíduos, mais da metade era plástico.

O levantamento apontou que 48% do volume retirado do mar era composto de garrafas, recipientes e sacos plásticos e 34%, de equipamentos de pesca descartados. Outros 18% continham fragmentos de plástico e objetos totalmente incomuns, como um colchão inflável, um teclado de computador, a cabeça de um manequim e uma máscara de gás.

“Com “A Pesca de Plástico”, reforçamos a conscientização sobre a preservação ao meio ambiente, primordial para a nossa própria saúde e a natureza. A sustentabilidade é um dos pilares da FPT Industrial. Continuamos no caminho por um futuro mais verde”, afirma a gerente de Marketing da FPT Industrial para a América do Sul, Isabela Costa.

E tem mais

A fábrica da FPT em Sete Lagoas comemorou também a meta de Aterro Zero. O completo reciclou 100% de seus resíduos, alcançando o status prata do programa World Class Manufacturing (WCM) da CNH Industrial, um dos mais altos padrões da indústria de manufatura no mundo, que busca zero perdas, com base na metodologia da Pirâmide de 5R – recusa do resíduo (logística reversa), redução, reaproveitamento, reciclagem e recuperação.

“Quanto mais melhoramos a produtividade e a qualidade, eliminando desperdícios, menor será o custo de manufatura. A matriz das melhorias é o WCM, modelo que já está no DNA dos nossos colaboradores. Em cada estação de trabalho há soluções desenvolvidas pelo nosso time”, afirma o diretor Industrial da CNH Industrial, Izidro Penatti.

Leo Doca – Agência Transporta Brasil (ATB)
agencia@transportabrasil.com.br

+ Saiba tudo do mundo do transporte rodoviário. Curta nossa página no Facebook!
Agência Transporta Brasil – ATB

COMMENTS