VWCO anuncia parcerias para fabricar caminhões 100% elétricos no Brasil

VWCO anuncia parcerias para fabricar caminhões 100% elétricos no Brasil

Batizado e-Consórcio, iniciativa inédita visa a produção em série de modelos elétricos completos em uma mesma linha de montagem

Empresas Randon anunciam sucessão na presidência
Nova concessionária Iveco no Ceará
Indústria do plástico debate a importância da boa logística

Foi em seu imponente estande verde, amarelo, cor-de-anil que a VW Caminhões e Ônibus oficializou durante a Fenatran seus novos parceiros para a produção dos primeiros caminhões elétricos brasileiros. Batizado de e-Consórcio a arrojada iniciativa da montadora reuniu as empresas Bosch, CATL, Moura, Semcon, Siemens, Weg, Meritor e Eletra para fazerem parte da inédita linha de produção, que vai funcionar no complexo de desenvolvimento da VWCO em Resende (RJ).

O início da produção em série do primeiro caminhão 100% elétrico tupiniquim já está marcado para meados do próximo ano. O esforço conjunto de todas as empresas vai resultar, inicialmente, na fabricação do assim batizado e-Delivery de 14 toneladas, que será o primeiro modelo do portfólio elétrico da VWCO. Com aporte de R$ 1,5 bilhão, as adequações na fábrica já estão em andamento e envolvem preparação para montagem dos componentes elétricos, energização dos veículos e inspeção de qualidade em área especialmente designada para o novo produto. Na sequência deverá ser produzido também o e-Delivery de 11 toneladas, completando, por enquanto, a linha de montagem de modelos totalmente elétricos da marca.

É a primeira vez no mundo que uma montadora produz um veículo elétrico utilizando a mesma linha de montagem, com infraestrutura de recarga e gerenciamento de ciclo de vida da bateria dos caminhões, unindo toda a cadeia de fornecedores de maneira integrada. Os sete fornecedores dividem com a VWCO a responsabilidade pela montagem dos veículos dentro da fábrica, com aumento da produtividade e dos níveis de qualidade e redução dos custos.

Trabalhando de forma totalmente integrada, cada empresa será responsável pelos componentes de sua expertise. A Siemens, para fornecimento de infraestrutura, carregadores e energia para clientes; a CATL e Moura, para fornecimento, gerenciamento, distribuição e manutenção de baterias; a Bosch e WEG para fornecimento de componentes; a Semcon para prestação de serviços de engenharia; a Meritor para os eixos específicos de veículos elétricos; e a Eletra para desenvolvimento estratégico. O projeto contempla também a análise e instalação de terminais para recarga nas garagens dos clientes, em qualquer ponto do Brasil.

Por Ricardo Panessa, especial para a Agência Transporta Brasil

COMMENTS