Scania nova geração e sistema TMA: eficiência comprovada

Scania nova geração e sistema TMA: eficiência comprovada

Há nove meses no mercado brasileiro a nova geração de caminhões Scania e o sistema TMA (Tailor made for Application) revolucionam a maneira de personalizar produto, serviços e soluções financeiras. Agora a montadora sueca colhe os frutos com os depoimentos dos transportadores comprovando seus benefícios

Nova geração Scania já chega ao pódio dos mais vendidos
MB Atego tem nova transmissão Ecomid da ZF
Os cavalinhos de entrada

O TMA é uma tendência mundial de eficiência da Scania que representa, na prática, a possibilidade de moldar a solução ideal conforme o perfil do cliente. “O funcionamento do sistema começa no entendimento da operação do usuário, como opera, o que transporta, o peso total e as principais características da carga, além de todos os detalhes que influenciam uma solução correta e personalizada de uso”, analisa Paulo Genezini, gerente de Pré-Vendas da Scania no Brasil.

Há sete meses no mercado brasileiro a nova geração de caminhões Scania e o sistema TMA (Tailor made for Application) revolucionam a maneira de personalizar produto, serviços e soluções financeiras. Agora a montadora sueca colhe os frutos com os depoimentos dos transportadores comprovando seus benefícios. E o TMA da Scania é atualmente sinônimo de ganhos em economia, segurança e eleva a customização a outra dimensão de eficiência. O caminhão, conectado e com um cérebro eletrônico, oferece uma solução completa que coleta e envia todos os principais dados de sua rodagem, do comportamento de direção do motorista, desempenho de sistemas, localização e vários outros parâmetros de extrema importância.

Conheça alguns depoimentos de transportadores

Para Fernando Menezes, da Trans Shirley a nova geração Scania trouxe algo em torno de 12% a 14% de economia de combustível. “Essa economia foi em cima da própria Scania. Em relação a outras marcas esse número ficou entre 15% a 18%”, conta.

Já Antônio Deoclides Z. R, da Transportadora Para Frente Brasil ressalta que a cabine nova e o motor novo são 12% a 15% maior economia que o motor Euro V. E Willian Zucolote, da EBMAC disse: “Saímos de um gasto de 2.7 por litro para 3 e pouco e economia. Estamos falando de um cavalo por ano”.

“Para falar de economia… Os três carros novos rodando, comparando com o consumo da versão anterior, dá para eu fazer uma nova prestação só com a diferença”, contou João Luiz Soares Pereira da Estrela D´Àlva.

E Felipe Bussoni, da Transportadora Botuverá complementa. “No volume chegamos a economizar 24 a 27 mil litros”.

Entenda o porque da economia

A boa performance da Scania no mercado se deve ao sucesso inovador da “Máquina dos Sonhos”, ou seja, da Nova Geração de caminhões, lançada no final de 2018.

As opções de cabines da “Máquina dos Sonhos” foram desenvolvidas com a mais alta tecnologia disponível no mercado, sempre sob a perspectiva do motorista. A fabricante decidiu manter as nomenclaturas P, G e R, mas nenhuma peça da cabine da gama anterior foi reaproveitada. É uma característica da Scania privilegiar o motorista na criação do seu produto, algo que faz toda a diferença no dia a dia do trabalho no setor de transportes.

Na Nova Geração, os motores foram desenvolvidos com tecnologia de alta pressão de injeção de diesel e com múltiplos pontos para diminuir o consumo e as emissões. Os propulsores receberam novos sistemas de gerenciamento inteligentes. As maiores máquinas de economia de combustível da história da Scania subiram mais degraus na busca da perfeição motriz, do estado da arte. Para chegar na redução de consumo de até 12%, a divisão é feita pelo sistema de alta pressão (8%), o design da nova cabine (2%) e as inovações do Scania Opticruise e o pacote aerodinâmico (2%).

COMMENTS