A Fenatran é FEITA por TODOS!

A Fenatran é FEITA por TODOS!

Mais do que nos últimos anos a Fenatran 2019 mostrou que é feita por todos e para todos

Editorial – Que Fenatran!
Terminal capixaba vai promover o transporte rodoferroviário de rochas ornamentais
Quer locar um caminhão? Com a Vamos é possível!

A Agência Transporta Brasil decidiu destacar algumas pessoas que estiveram por aqui ao longo dessa semana por meio de fotos e depoimentos de alguns visitantes. Nada mais justo do que no último dia da feira fazer o mesmo.Confira abaixo algumas pessoas que justificam porque a 22ª Fenatran representou os mais diversos públicos que estiveram aqui!

Rebeca Barreto, de 27 anos, é secretária executiva e paratleta. Ela está trabalhando em eventos, como feiras e convenções, há cerca de três anos, mas na Fenatran é a primeira vez. No estande da Mercedes-Benz, estava ela e mais uma colega cadeirante no casting da HZ eventos. “As pessoas ainda vêm a inclusão como uma novidade. Vários visitantes vieram falar comigo dizendo que nunca tinham visto cadeirantes trabalhando na feira. Algo bem positivo para o nosso trabalho foi a Fenatran ser bem acessível, principalmente o estande que estamos”, diz Rebeca. “É muito importante ter esse tipo de inclusão nos eventos porque percebemos que os cadeirantes visitantes se sentem representados. Um momento bem legal que aconteceu foi quando outra empresa veio até aqui contando que achou a iniciativa muito legal e que para a próxima feira irão fazer o mesmo”, completa.

Daniel Correia, de 73 anos, é garçom, maitre e barman. Já é a quinta vez que ele vem trabalhar como garçom no estande da Meritor. “Muito bom ter a oportunidade de continuar trabalhando mesmo na terceira idade. Basta dar a chance que a gente vem  trabalhar. Me sinto muito orgulhoso da minha profissão e sempre que alguém mais jovens pede uma dica eu ensino com o maior prazer. Sinceramente, a idade existe, mas para quem quer o momento de trabalhar é enquanto tiver saúde”, comenta o veterano que chama atenção pela simpatia com os clientes e visitantes da marca. São quase 60 anos de experiência como garçom!

Márcia Ishimoto, de 30 anos, é modelo e trabalha na área de eventos há 10 anos, mas só há três anos se considera aceita na profissão, já que antes levava horas maquiando suas manchas para ir trabalhar. Na Fenatran, ela está no estande da Scania, pela HZ eventos. “Estou achando tudo muito incrível porque isso que é diversidade. Atendi várias pessoas com vitiligo, que acharam muito bacana ter alguém representando eles. Espero que muitas empresas e marcas tenham essa mesma iniciativa que a Scania”, afirma.

Por Thayná Alves, especial para a Agência Transporta Brasil

COMMENTS