Volkswagen chega a 20 mil ônibus no programa Caminho da Escola

Volkswagen chega a 20 mil ônibus no programa Caminho da Escola

Programa abrange mais de 5.200 municípios brasileiros e reduziu em 15% o transporte inadequado de estudantes no Brasil

Mercedes-Benz Sprinter ataca setor de franquias
Mitsubishi renova Fuso Canter
Volvo vende 50 ônibus articulados para cliente no Caribe

Um dos programas mais importantes do transporte brasileiro o Caminho da Escola, chegou à marca de 20 mil ônibus da marca Volkswagen destinados ao transporte de alunos em áreas carentes do Brasil. A unidade 20 mil faz parte de um lote de de 145 ônibus adquiridos pelo estado de Santa Catarina. No entanto, os Volksbus estão presentes em todo o Brasil, em 5.226 municípios: quase a totalidade de cidades brasileiras conta com pelo menos um ônibus Volkswagen como aliado da educação.

“A Volkswagen Caminhões e Ônibus comprometeu-se desde o início com o propósito social do Caminho da Escola. Ao longo dos anos, nossa engenharia dedicou-se a construir em nosso centro de desenvolvimento em Resende (RJ) veículos para transpor os mais difíceis terrenos, para padronizar o transporte e garantir que os milhões de crianças de todo o Brasil cheguem à escola com mais qualidade”, comenta Roberto Cortes, presidente e CEO da VW Caminhões e Ônibus.

Suspensão elevada, que tornou os veículos mais altos para passar por aclives e declives com mais facilidade, é apenas um dos itens de sucesso para a robustez dos ônibus Volkswagen destinados ao Caminho da Escola. Acessibilidade é outro ponto de destaque: plataforma elevatória e dispositivos de poltronas móveis (DPM) equipam os Volksbus para garantir a acessibilidade para os alunos com mobilidade reduzida.

Para se ter uma ideia da abrangência da relevância do programa, 58% dos municípios oferecem, por exemplo, transporte escolar rural para assentamentos, comunidades indígenas e quilombolas, segundo estudo Avaliação do Programa Caminho da Escola, do FNDE (Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação), que opera o programa.

Ainda de acordo com a pesquisa do FNDE, o programa reduziu em 15% o transporte inadequado de estudantes em caçambas de picapes e caminhões, mas o número de ônibus disponibilizados ainda é considerado um ponto a ser ampliado. Além disso, alguns veículos começaram a atingir dez anos de idade, o que já demanda uma renovação da frota.

Agência Transporta Brasil (ATB)
agencia@transportabrasil.com.br

+ Saiba tudo do mundo do transporte rodoviário. Curta nossa página no Facebook!
Agência Transporta Brasil – ATB

COMMENTS