Fim da novela Ford: Caoa compra fábrica de São Bernardo (SP)

Fim da novela Ford: Caoa compra fábrica de São Bernardo (SP)

Montadora fecha negócio na tarde desta terça-feira no Palácio dos Bandeirantes, sede do governo paulista. Informações do mercado ainda não confirmadas são de que o negócio saiu por R$ 1 bilhão e que a Caoa poderá usar a planta para fabricar carros de uma marca chinesa. Negociações com os sindicatos sinalizam manutenção dos empregos

Biarticulados Scania já estão em Curitiba
Volkswagen chega a 20 mil ônibus no programa Caminho da Escola
ANFIR projeta recuperação do mercado de implementos para 2020

A novela do abandono da Ford Caminhões no mercado brasileiro e do destino que a gigantesca fábrica de São Bernardo do Campo (SP) teria depois da decisão está em seu último capítulo. Uma reportagem publicada pelo jornal O Estado de São Paulo confirma que o Grupo Caoa é o comprador da fábrica que, por muitos anos, produziu modelos de caminhões como o Cargo em suas diversas configurações.

O anúncio oficial do negócio será feito na tarde desta terça, dia 2 de setembro, em um evento no Palácio dos Bandeirantes, sede do governo do Estado de São Paulo, pelo governador João Doria e por representantes da Ford e da Caoa.

Empregos em negociação

Ford

Assembleia com os trabalhadores na Ford e retorno ao trabalho. 02.04.2019 Foto: Adonis Guerra/SMABC

Segundo o jornal, a transação tem valor ainda não confirmado de R$ 1 bilhão para a compra de toda estrutura onde antes a Ford fabricava caminhões e um de seus modelos de carro de passeio. A fábrica empregava um total de 3 mil trabalhadores. Um comunicado publicado pelo Sindicato dos Metalúrgicos do ABC nesta segunda-feira, 1ª de setembro, diz: “Os metalúrgicos do ABC discutiram com a direção da Caoa condições trabalhistas para a contratação de trabalhadores impactados pelo fechamento da unidade da Ford, caso a aquisição da planta de São Bernardo seja efetivada. As negociações estão avançadas”.

Nada de caminhão por enquanto

Ainda de acordo a reportagem do Estado, após a conclusão do negócio com a Ford, o Grupo Caoa tem a intenção de usar a fábrica para fazer carros de passeio de uma marca chinesa. A Caoa já fabrica veículos sob licença para a Hyundai, Chery e representa a marca Subaru no Brasil. O grupo mantém duas fábricas de veículos, uma em Anápolis (GO), de onde também saem os caminhões Hyundai HR e HD80, e em Jacareí (SP), onde são fabricados os modelos de carros Arrizo 5 e Tiggo 2, da chinesa Chery.

Leonardo Andrade – Agência Transporta Brasil, com informações dO Estado de São Paulo
leodoca@transportabrasil.com.br

+ Saiba tudo do mundo dos transportes. Curta nossa página no Facebook!
Agência Transporta Brasil – ATB

 

COMMENTS