Fim da novela Ford: Caoa compra fábrica de São Bernardo (SP)

Fim da novela Ford: Caoa compra fábrica de São Bernardo (SP)

Montadora fecha negócio na tarde desta terça-feira no Palácio dos Bandeirantes, sede do governo paulista. Informações do mercado ainda não confirmadas são de que o negócio saiu por R$ 1 bilhão e que a Caoa poderá usar a planta para fabricar carros de uma marca chinesa. Negociações com os sindicatos sinalizam manutenção dos empregos

Implementos em ritmo de recuperação
Consórcio para caminhões deverá seguir em expansão neste ano
Volvo tem nova casa em Santa Catarina

A novela do abandono da Ford Caminhões no mercado brasileiro e do destino que a gigantesca fábrica de São Bernardo do Campo (SP) teria depois da decisão está em seu último capítulo. Uma reportagem publicada pelo jornal O Estado de São Paulo confirma que o Grupo Caoa é o comprador da fábrica que, por muitos anos, produziu modelos de caminhões como o Cargo em suas diversas configurações.

O anúncio oficial do negócio será feito na tarde desta terça, dia 2 de setembro, em um evento no Palácio dos Bandeirantes, sede do governo do Estado de São Paulo, pelo governador João Doria e por representantes da Ford e da Caoa.

Empregos em negociação

Ford

Assembleia com os trabalhadores na Ford e retorno ao trabalho. 02.04.2019 Foto: Adonis Guerra/SMABC

Segundo o jornal, a transação tem valor ainda não confirmado de R$ 1 bilhão para a compra de toda estrutura onde antes a Ford fabricava caminhões e um de seus modelos de carro de passeio. A fábrica empregava um total de 3 mil trabalhadores. Um comunicado publicado pelo Sindicato dos Metalúrgicos do ABC nesta segunda-feira, 1ª de setembro, diz: “Os metalúrgicos do ABC discutiram com a direção da Caoa condições trabalhistas para a contratação de trabalhadores impactados pelo fechamento da unidade da Ford, caso a aquisição da planta de São Bernardo seja efetivada. As negociações estão avançadas”.

Nada de caminhão por enquanto

Ainda de acordo a reportagem do Estado, após a conclusão do negócio com a Ford, o Grupo Caoa tem a intenção de usar a fábrica para fazer carros de passeio de uma marca chinesa. A Caoa já fabrica veículos sob licença para a Hyundai, Chery e representa a marca Subaru no Brasil. O grupo mantém duas fábricas de veículos, uma em Anápolis (GO), de onde também saem os caminhões Hyundai HR e HD80, e em Jacareí (SP), onde são fabricados os modelos de carros Arrizo 5 e Tiggo 2, da chinesa Chery.

Leonardo Andrade – Agência Transporta Brasil, com informações dO Estado de São Paulo
leodoca@transportabrasil.com.br

+ Saiba tudo do mundo dos transportes. Curta nossa página no Facebook!
Agência Transporta Brasil – ATB

 

COMMENTS