Mercedes-Benz fecha semestre com mais da metade do mercado de ônibus

Mercedes-Benz fecha semestre com mais da metade do mercado de ônibus

Marca fez o emplacamento de cerca de 5 mil unidades nos primeiros seis meses do ano e chassi O 500 RSDD 8x2 para carroçarias Double Decker e High Decker com ESP, EBS e freio a tambor é novidade no segmento rodoviário

ZF recomenda EcoFluid para suas transmissões
Actros é o caminhão mais vendido da Mercedes até agora
Volvo lança cabine extralarga

A Mercedes comemora a mais um semestre de liderança no mercado de ônibus brasileiro. A empresa fechou os seis primeiros meses de 2019 com cerca de 5.000 unidades emplacadas, volume 55% superior às 3.218 unidades do mesmo período de 2018. Com isso, conquistou 52,5% de participação de mercado no segmento acima de 8 toneladas de PBT – peso bruto total.

“As renovações e ampliações de frota do transporte coletivo urbano vêm puxando as vendas do setor neste ano”, afirma Walter Barbosa, diretor de Vendas e Marketing Ônibus da Mercedes-Benz do Brasil. “Vale destacar o emplacamento de 2.989 ônibus da marca neste segmento, alcançando a liderança em urbanos com 76% de market share. Esse volume de vendas é 37% maior em relação às 2.171 unidades do primeiro semestre do ano passado”.

No segmento rodoviário, a liderança da Mercedes-Benz supera os 56% de participação de mercado, com o emplacamento de 835 unidades e crescimento de 21% no volume de vendas frente às 687 unidades do mesmo período de 2018.

O 500 RSDD com ESP, EBS e freio a tambor é novidade em 2019

No primeiro semestre de 2019, a Mercedes-Benz lançou uma grande novidade para o ônibus rodoviário O 500 RSDD 8×2. Já está disponível aos clientes os sistemas ESP (controle eletrônico de estabilidade) e EBS (sistema eletrônico de freio) juntamente com freio a tambor, todos itens de série deste modelo. Além de ampliar o padrão de segurança do veículo, isso facilita a manutenção, reduzindo assim o custo operacional.

O chassi O 500 RSDD 8×2 de 4 eixos é indicado para carroçarias de até 14 ou 15 metros de comprimento, nas configurações Double Decker (ônibus de dois pisos com assentos para passageiros) e High Decker (piso superior com assentos e piso inferior exclusivo para bagagens).

O conjunto ESP e EBS com freio a tambor também pode ser solicitado, como opcional, para os chassis rodoviários O 500 RS e RSD 6×2, que já contam com a versão de freios a disco de série, ampliando as opções de escolha para os clientes.

“Com a evolução do mercado, o O 500 RSDD deixou de ser um produto de nicho, passando a atender um segmento em crescimento, especialmente para médias e longas distâncias e turismo de luxo”, diz Walter Barbosa.

Agência Transporta Brasil (ATB)
agencia@transportabrasil.com.br

+ Saiba tudo do mundo do transporte rodoviário. Curta nossa página no Facebook!
Agência Transporta Brasil – ATB

COMMENTS