Volvos brasileiros estreiam no Transmilenio colombiano

Volvos brasileiros estreiam no Transmilenio colombiano

Primeiras unidades de um total de 700 ônibus Volvo entram em operação no sistema de transporte de alta capacidade de Bogotá, capital da Colômbia

Um caminhão que inspira rodar pelo mundo
Empresas inauguram sala para caminhoneiro em posto paulista
Confira como chegar à Fenatran 2019

A Volvo e os ônibus brasileiros voltam a fazer história no transporte de passageiros na América do Sul. Acabaram de entrar em operação os novos ônibus Volvo no Transmilenio, em Bogotá, capital da Colômbia. São 202 articulados e 134 biarticulados de uma compra total de 700 unidades. Segundo a Volvo, seu maior negócio de BRT da década, fechado no final do ano passado.

Todos os chassis estão sendo produzidos no Brasil, na fábrica de Curitiba (PR) da Volvo, e estão sendo encarroçados na Colômbia pela Superpolo. Segundo a fabricante, as entregas estão sendo feitas em lotes e prosseguem até o próximo ano.

Uma nova era para o transporte de passageiros

“Modernos, seguros e com alta capacidade de transporte, nossos ônibus vão melhorar ainda mais o conforto dos passageiros e a mobilidade urbana de uma das maiores capitais da América Latina”, afirma Fabiano Todeschini, presidente da Volvo Buses Latin America.

A venda totalizou 402 biarticulados e 298 articulados para renovar a frota de Bogotá. Os novos ônibus já entram em operação utilizando as tecnologias de conectividade da Volvo e estão preparados para a ativação do Controle Automático de Velocidade Volvo, sistema que usa a conectividade para limitar automaticamente a velocidade máxima do ônibus em pontos críticos de segurança. “Usando um sistema de geolocalização, essa tecnologia pode reduzir a velocidade do veículo próximo a escolas e hospitais e dentro de terminais de passageiros, por exemplo. Tudo é feito remotamente, sem a ação do motorista”, diz Mario Correia, gerente comercial da Volvo Buses Colômbia.

Veículos inteligentes

Além da segurança do sistema de limitação de velocidade, os novos ônibus Volvo que rodam na Colômbia contam com os serviços conectados para a gestão da frota, com monitoramento em tempo real dos veículos e treinamento virtual dos motoristas.

Tudo para incrementar o sistema Transmilenio, criado em 2001, considerado um dos principais sistemas de BRT (Bus Rapid Transit – Ônibus de Trânsito Rápido) do mundo e um dos mais avançados e organizados que já foram criados. Atualmente, o Transmilenio de Bogotá transporta 2,5 milhões de passageiros por dia e, com os novos veículos, esta capacidade aumenta em 25%, chegando perto de três milhões de pessoas todos os dias.

O Transmilenio colombiano é inspirado no sistema de vidas segregadas e embarque em plataformas de nível utilizado em Curitiba, no Paraná, casa da Volvo no Brasil. A Colômbia ampliou e melhorou o sistema, criando, desde o início, corredores maiores para que houvesse áreas de ultrapassagem entre os ônibus, gerando maior fluidez. Com o uso dos articulados e biarticulados, o sistema deu um salto de qualidade no transporte de passageiros de Bogotá, reduzindo o tempo das viagens e melhorando a qualidade do deslocamento dos passageiros, além de retirar centenas de carros, vans e micro-ônibus da região central da cidade.

Leonardo Andrade – Editor-chefe da Agência Transporta Brasil (ATB)
leodoca@transportabrasil.com.br

+ Saiba tudo do mundo do transporte rodoviário. Curta nossa página no Facebook!
Agência Transporta Brasil – ATB

COMMENTS