Scania fabrica caminhões e tem floresta

Scania fabrica caminhões e tem floresta

Floresta Scania fica localizada em Aparecida, no interior paulista, e abriga 18 mil mudas plantadas em 2019, com meta de plantio para 25 mil. Iniciativa da fabricante de veículos faz parte da política da empresa de compensação do CO2 gerado pela fabricação dos caminhões e ônibus em São Bernardo do Campo

Vendas de caminhões seguem em ritmo de crescimento
VW mostra novo caminhão para cana
Volvo também vende peças na web

A Scania tem uma floresta que vai chegar ao final de 20149 com 25 mil mudas de árvores. A iniciativa da “Floresta Scania” fica localizada na cidade paulista de Aparecida, no eixo da Via Dutra, bem pertinho da Basílica de Nossa Senhora Aparecida.

O trabalho de plantio de árvores é parte da política da Scania para a compensação de parte do dióxido de carbono (CO2) gerado pelas atividades da fábrica em São Bernardo do Campo (SP). O lugar foi batizado de Floresta Scania e, no ano passado, teve 18 mil mudas de árvores plantadas.

Compensação ambiental

A Scania quer compensar seu impacto ambiental em duas frentes, com seus produtos, como caminhões, ônibus e motores, e seus serviços financeiros, no prazo de um ano. O primeiro movimento consiste no plantio de uma muda para cada caminhão, ônibus, motor, financiamento ou cota de consórcio vendido.

A expectativa é fechar 2019 com 25 mil plantios, totalizando 43 mil mudas plantadas em dois anos, de 100 diferentes espécies. “Com a chegada da Nova Geração de caminhões da marca, em novembro de 2018 e apenas dois anos após o lançamento na Europa, a fabricante resolveu dar mais um passo em sua jornada para liderar a transição para um sistema de transporte mais sustentável”, afirma Roberto Barral, vice-presidente das Operações Comerciais da Scania no Brasil.

“É um grande passo iniciar uma parceria tão séria, e que irá crescer, pois temos planos ambiciosos. O trabalho da SOS Mata Atlântica é apaixonante. Estamos orgulhosos de compensar uma parte do CO2 gerado no processo produtivo, e de ter ao nosso lado nossos braços financeiros do Scania Banco e do Consórcio Scania. Nossa missão estabelecida em liderar a transição para um sistema de transporte mais sustentável ganha mais uma importante ramificação. Além disso, a Nova Geração já está economizando mais diesel (promessa de até 12%) e consequentemente diminuindo as emissões, na comparação com a linha anterior de caminhões”, completa Barral.

Leonardo Andrade – Editor-chefe da Agência Transporta Brasil – ATB
leodoca@transportabrasil.com.br

+ Saiba tudo do mundo do transporte rodoviário. Curta nossa página no Facebook!
Agência Transporta Brasil – ATB

COMMENTS