VWCO vende 3.400 ônibus para o governo federal

VWCO vende 3.400 ônibus para o governo federal

Os modelos vão atender ao programa Caminho da Escola com 3.400 veículos

Os 10 brutos mais vendidos do Brasil
Delphi apresenta 22 novidades em filhos de ar para caminhões
Iveco Hi-Road chega mais equipado e mais econômico frente ao Stralis

A Volkswagen acaba de alcançar a venda de 3.400 veículos para o Caminho da Escola, encerrando, assim com sucesso a atual licitação. Graças às encomendas de mais de 1.500 prefeituras e estados em todo o país, a empresa consolida sua posição de liderança em ônibus para o transporte escolar ao governo.

“Os números de Volksbus entregues ao Caminho da Escola representam volumes expressivos para a indústria automotiva e também multiplicam as chances de acesso ao futuro de milhões de crianças. Isso nos enche de orgulho e motivação para continuarmos juntos nessa missão”, afirma Roberto Cortes, presidente e CEO da VW Caminhões e Ônibus e membro do conselho do Grupo TRATON.

Configurações

Os veículos disponíveis para a compra na licitação são ônibus e micro-ônibus configurados para atender às regiões rurais e urbanas do Brasil: ORE1 e ORE3 (Ônibus Rural Escolar para 29 e 59 alunos), atendidos respectivamente pelos modelos Volksbus 8.160 ODR, e Volksbus 15.190 ODR e o ONUREA Piso Alto (Ônibus Urbano Escolar Acessível para 30 alunos) com base no chassi Volksbus 8.160OD, todos os chassis são produzidos na fábrica da VW Caminhões e Ônibus em Resende (RJ).

A linha completa Volksbus destinada ao Caminho da Escola conta com veículos escolares na configuração rural e urbano, na faixa de 5 t a 15 t. Dentre os atributos necessários para vencer os trajetos mais difíceis, onde comumente esses veículos vão trafegar, estão suspensões elevadas e reforçadas, pneus de uso misto, eixo dianteiro com viga forjada, balanço dianteiro mais curto, bloqueio no diferencial traseiro, ângulos de ataque e saída maiores, poltronas estofadas e de fácil limpeza, mecanismos antiesmagamento e ainda dispositivos de poltronas móveis (DPM) que garantem a acessibilidade para os alunos com mobilidade reduzida.

COMMENTS