Ford Cargo 1119 foi o pulo do gato

Ford Cargo 1119 foi o pulo do gato

Modelo tem PBT de médio e tamanho de leve, resultando na maior capacidade. Só por isso a categoria de caminhões médios volta a ter mais representatividade

Western Star atualizado e de motor novo
Motor Volvo mais econômico
Iveco levanta o caneco 9 vezes na Argentina

Com PBT de 10,5 t, segundo a definição da Anfavea, o Ford Cargo 1119 é um caminhão médio. Contudo, graças ao seu arranjo técnico o modelo possui atributos de caminhão leve.

De acordo com a engenharia da marca, o Cargo 1119 foi desenvolvido para carregar maior densidade dentro da distribuição urbana.

Com relação ao seu PBT de “médio” numa roupagem “leve”, ou seja, plataforma de carga mais baixa e cabine menor resultaram nos 7.164 kg de carga útil.

O caminhão que no primeiro bimestre emplacou 239 unidades, ocupando a segunda posição entre os veículos de sua categoria, é destinado às aplicações urbanas e interurbanas de curtas distâncias, sendo indicado para uso com baú isotérmico, baú frigorífico, carga seca, guincho, plataforma e bebidas, por exemplo.

Suas dimensões compactas lhe garantiram os 700 kg a mais de capacidade de carga, e só por isso vale a compra, mesmo que sua produção esteja com os dias contados.

O preço de R$ 161.409 a unidade 0 km pode ser um fator decisivo, mas junto com a vantagem da capacidade de carga (se comparado a um caminhão leve), o pequeno notável pode ser produtivo na frota.

O coração

O 1119 é equipado com motor Cummins ISB 4.5com potência de 189 cv a 2.300 rpm e torque de 61,2 mkgf, de 1.100 a 2.100 rpm. Em épocas de economia, essa ampliada faixa de torque permite que o condutor trabalhe mais na faixa verde. Sua transmissão Eaton FSO é de 5 marchas mecânica.

Ele dispõe de duas opções de entre-eixos: 3 900 mm e 4 300 mm.

Competidores

Volkswagen

A Volkswagen, com o Delivery 11.180, percebeu que poderia surfar nessa onda do médio com cara de leve. Não por acaso ele é o campeão de venda entre os médios com 538 unidades vendidas no primeiro bimestre.

Mais caro, R$ 173.400, porém, mais moderno, o representante da VW tem PBT de 10,7 t, porém dentro desse raciocínio de oferecer um veículo com maior aproveitamento de espaço sem perder as características para atuar dentro perímetro urbano. Por isso é que, dependendo do tipo de entre-eixo: 3.400 mm, 4.000 mm, 4.400 mm e 4.600, e da carroceria que receber, o modelo pode ter capacidade de carga útil entre de 7.300 kg e 7.450 kg.

O motor dele é o Cummins ISF de 3,8 litros, que desenvolve 175 cv de potência a 2.600 rpm e 61,2 mkgf de torque de 1.100 a 1.700 rpm. Seu câmbio é Eaton manual, o ESO 6106 de 6 velocidades, sendo a última overdrive para quandoo caminhão rodar por trecho rodoviário.

Andrea Ramos
Editora-executiva da Agência Transporta Brasil
andrearamos@transportabrasil.com.br 

+ Saiba tudo do mundo do transporte rodoviário. Curta nossa página no Facebook!
Agência Transporta Brasil – ATB

 

COMMENTS