Tem caminhão VW sem Arla nos bitrucks

Tem caminhão VW sem Arla nos bitrucks

Lançamento da Volkswagen é o único da categoria com motor de tecnologia EGR herdado do trucado Constellation 24.280

Mesmo idioma, novo sotaque para o Mercedes-Benz Vito
Os cavalinhos de entrada
Cargo 1933 abre o segmento na Ford

Para atender o segmento de veículos com quarto eixo direcional de curtas a médias distâncias rodoviárias, a VWCO (Volkswagen Caminhões e Ônibus) lançou o Constellation 30.280 8×2.

O modelo, que foi mostrado pela primeira vez como um protótipo, durante a Fenatran de 2017, chamou a atenção dos clientes pelo seu motor que dispensa o uso do Arla 32. Trata-se de um propulsor MAN D08 36 280, que desenvolve potência de 277 cv a 2.300 rpm e torque de 107 mkgf de 1.100 a 1.700 rpm, com sistema de injeção common rail. Esse motor de 7 litros está montado em um bloco de 6 cilindros em linha que, para atender à norma P7, equivalente à Euro 5, de emissões de poluentes, conta com tecnologia EGR de tratamento dos gases.

Sem Arla

Além da redução no custo operacional, esse sistema garante um melhor aproveitamento do espaço no chassi, sobretudo em relação ao encarroçamento, pois não há o tanque extra, comum nos caminhões SCR que necessitam do reagente químico Arla 32.

O sistema também não agrega peso significativo ao veículo e isso pode se converter e mais capacidade de carga. O D08 trabalha em sincronia com a transmissão ZF 9S 1110 TD, manual de 9 velocidades que é série no modelo. Com essa transmissão a fabricante oferta três tipos de relações 3,73:1 e 4,10:1. A opção da caixa automatizada também será da ZF 6AS 1000 TO, conhecida na VWCO como a V-Tronic de 6 marchas e nessa composição as relações entregues são 4,88/6,65:1 e 5,38/7,33:1.

Essa transmissão traz a tecnologia Smart Ratio, desenvolvida pela engenharia da Volks no Brasil, que é uma solução para o controle eletrônico de um eixo de dupla velocidade e que otimiza a operação da troca de marchas, elevando para 9 velocidade. Na prática, quando o caminhão está na estrada e chega a uma velocidade em torno de 70 km/h, são os eixos que dão, de forma inteligente, mais “marchas” para o caminhão operar.

Andria Cristina Giusti, engenheira de produto da VWCO, explica que esse perfil de atividade de caminhões 8×2 vem crescendo no país, e que, onde o 30.280 cv se posiciona, como o modelo de entrada da família de 8×2 da marca, as vendas de caminhões com transmissão utomatizada ainda são tímidas.

Mas deve-se lembrar das vantagens da caixa automatizada. O transportador pode igualar o consumo de combustível da frota, além de reduzir a manutenção de itens como embreagem. Ao motorista a maior vantagem está na ergonomia já que não precisa ficar cambeando, logo, a maior segurança por ficar mais tempo com as mãos ao volante.

Ainda sobre a segurança, na versão com V-Tronic é equipado com Easy Start de partida em rampa. Conta com freios a tambor nas rodas dianteiras e traseiras, com ABS por força da lei mais o EBD. E opcional o ATC que é o controle automático de tração.

As opções de entre-eixos de 5.207 mm, 6.100 mm e 6.500 mm tornam o modelo mais versátil, podendo receber grande variedade de implementos. Seu PBT é de 29 t e PBTC e CMT de 36 t.

Para complementar a gama 8×2 VW

O VW Constellation 30.330, também 8×2, é a opção que a montadora oferece para quem vai operar em longas jornadas rodoviárias, por isso seu motor é mais forte. O caminhão é equipado com um Cummins, conta com cilindrada de 8,9 litros, potência de 334 cv a 2.100 rpm e torque de 147,9 mkgf de 1.000 a 1.500 rpm. Esse motor já opera com a tecnologia SCR, em que há a necessidade do tanque de Arla 32, para atender às normas de poluentes. E, por sua característica ser a rodovia, ele trabalha com transmissão automatizada ZF 12 AS 1420, de 12 velocidades, também chamada de V-Tronic pela marca.

A bordo

O que pode se destacar de ambos os veículos, já que possuem a mesma cabine, é a amplitude do habitáculo, com largura de 2,60 m. Tal dimensão oferece sensação de espaço, logo muito conforto a bordo.

Pode ser vendido com versão de cabine estendida ou leito teto baixo ou alto. No pacote Trend, de entrada, o Constellation 30.280 equipa ar-condicionado, coluna de direção com regulagem, console de teto, piloto automático, revestimento dos bancos em tecido e boné (aba protetora do para-brisa).

Se o cliente quiser mais equipamentos, na versão Prime, topo de linha, 30.280 é vendido com banco do motorista com suspensão pneumática, rádio, trio elétrico, além dos itens do pacote Trend.

Os competidores do 30.280

A VWCO encara como maior competidor o Mercedes-Benz Atego 3026 8×2 que custa R$ 293.934, segundo a Fipe. O modelo é equipado com motor produzido pela própria Mercedes, que é o OM-926 LA, de 6 cilindros em linha, de 7,2 litros que desenvolve 256 cv a 2.200 rpm, e 92 mkgf de 1.200 a 1.600 rpm, que combina a uma transmissão manual MB G 85-6, de 6 marchas.

Para quem quiser um veículo com câmbio inteligente da marca, a opção é o Atego 3030 que possui de série a PowerShift de 12 marchas, além de um motor mais forte, de 286 cv e torque de 127 mkgf.

A Iveco também conta em seu line up com o Tector 310E28 8×2, com motor FPT de 280 cv a 2.500 rpm, e torque de 97 mkgf de 1.250 a 1.850 rpm, que combina uma transmissão mecânica Eaton de 6 velocidades. Ele custa R$ 276.456. A marca oferece o 310E30 Auto-Shift 8×2, para quem quiser a transmissão inteligente Eaton Ultra-Shift Plus, automatizada de 10 velocidades.

A Scania e a Volvo têm modelos para atender o segmento de caminhões 8×2, porém, eles se distanciam em cavalagem no caso da Scania, e também em preço. No caso da Scania o representante 8×2 de entrada é o P 320, portanto compete com os representantes na faixa a partir dos 300 cv. A Ford, assim como a Scania, tem representante 8×2 com potência superior aos 300 cv com o Cargo 3031 8×2.

A Volvo conta com o VM 270 8×2 com motor MWM de 270 cv a 2.200 rpm, com torque de 97 mkgf entre 1.200 a 1.600 rpm, com opções de transmissão mecânica de 9 velocidades e a automatizada I-Shift, de 12 marchas. Ele custa a partir de R$ 304.203.

Andrea Ramos
Editora-executiva da Agência Transporta Brasil
andrearamos@transportabrasi.com.br

+ Saiba tudo do mundo do transporte rodoviário. Curta nossa página no Facebook!
Agência Transporta Brasil – ATB

COMMENTS