Scania projeta alta em seus mercados no Brasil

Scania projeta alta em seus mercados no Brasil

Destaque vai para caminhões, que começaram o ano com pedidos de 3 mil unidades da nova geração

Scania internacionaliza competição de motoristas de caminhão e dará um Streamline ao vencedor este ano
Vibração na direção veicular
Mercedes-Benz lidera vendas de caminhões em novembro

A Scania projeta crescimento entre 10% e 20% do mercado de caminhões acima de 16 t de PBT, segmento em que atua com veículos semipesados e pesados. Contudo, se as projeções se concretizarem os volumes fecharão entre 58 mil e 63 mil unidades nessas categorias.

A justificativa está no agronegócio, que mesmo com a possibilidade de queda de safra em função das intempéries climáticas, os resultados serão positivos; deve-se lembrar também que o agronegócio representa cerca de 40% e 45% das vendas de caminhões pesados no Brasil. Além disso, um bom cenário econômico pode ajudar a aquecer segmentos como varejo e carga industrial que podem trazer volumes de vendas.

“As empresas já estão ampliando ou renovando a frota, e isso mostra que o transportador está mais confiante”, afirma Silvio Munhoz, diretor comercial da Scania no Brasil.

Novos produtos

Ao contrário do que se comumente imagina, que o empresário de transporte acabaria com os estoques da linha anterior de caminhões e esperaria para perceber o comportamento dos veículos da nova geração no mercado, na Scania essa realidade é uma falácia. Os modelos caíram na graça do transportador e desde setembro passado, quando os caminhões foram apresentados no mercado, a Scania começou a receber encomendas e hoje contabiliza cerca de 3 mil pedidos, e isso representa cerca de 35% de tudo o que a marca faturou em 2018, ano que já foi 50,2% maior para a Scania se comparar a 2017.

Sílvio Munhoz, diretor comercial da Scania

“Estamos confiantes e animados com os desafios para 2019 com a chegada da nova geração de caminhões e sua promessa de economia de até 12% em comparação com a geração anterior, as Séries P, G e R. A rede está pronta para surpreender o cliente com a ‘Máquina dos Sonhos’ e as demais soluções da marca”, acrescenta Munhoz.

Nos passageiros

Nos ônibus a Scania também tem boas expectativas. Ano passado o mercado acima de 8 t foi 15% maior com 12,8 mil unidades de chassis vendidas. No rodoviário a Scania representou com a fatia de 21% do mercado. Segundo executivos da marca, renovação de frota e o aquecimento no fretamento no final do ano passado, ajudaram para os bons números. “Estamos nos baseando em melhores indicadores macroeconômicos e no ambiente muito mais otimista por parte do empresariado”, revela Alan Frizeiro, gerente de vendas de ônibus da Scania no Brasil.

Nos urbanos a Scania está apostando nos modelos biarticulados e anunciou a venda dos primeiros modelos no Brasil, precisamente para a cidade de Curitiba, que receberá seis unidades. Os veículos, que vão operar pela Viação Cidade Sorriso, vão rodar no sistema BRT e entram em operação no dia do aniversário da cidade, 29 de março.

Os executivos da marca enxergam 2019 como um ano de renovação da frota urbana. A tarifa congelada colaborou com a queda da renovação, mas agora com a recuperação das tarifas o mercado poderá reagir positivamente.

Serviços

O balanço de 2018 para os serviços Scania também foi positivo. As vendas de programas de manutenção aumentaram em 56% contra 2017, considerando uma carteira de 8.300 veículos.

O programa com planos flexíveis chegou à venda de mais de 3 mil programas com participação de 40% nas vendas entre todas as modalidades. Foram 3.145 veículos utilizando o sistema em que o próprio caminhão avisa quando deve parar. Ou seja, do total de 10.749 veículos com programas de manutenção, 29% foram ativados com o plano flexível. E, do total de caminhões novos vendidos pela marca 41% saíram com alguma das modalidades oferecidas de programa de manutenção.

Já os Serviços Conectados registraram 15,3 mil veículos ativos com um crescimento de 125% sobre os 6,8 mil de 2017. Do total, 92% foram caminhões 14 mil unidades e 8% ônibus com 1.296 unidades.

Andrea Ramos
Editora-executiva da Agência Transporta Brasil
andrearamos@transportrabrasil.com.br

Rádio Agência Transporta Brasil

Entrevista com Sílvio Munhoz, diretor comercial, e Gustavo Andrade, responsável pelo portfólio de serviços da Scania. Ouça nosso conteúdo de rádio no player abaixo:

+ Saiba tudo do mundo do transporte rodoviário. Curta nossa página no Facebook!
Agência Transporta Brasil – ATB

COMMENTS