Os campeões de audiência

Os campeões de audiência

Mercedes-Benz: ouvir as estradas deu resultado. E muito!
Anfir prevê crescimento de 15% em 2019
ZF recomenda EcoFluid para suas transmissões

O Mercado Livre, um dos maiores sites de compra e venda da internet, divulgou os cinco caminhões mais procurados da plataforma em 2018. Entre eles estão os modelos Volkswagen Constellation 24.250 e o Mercedes-Benz L 1620 que aparecem na primeira e na segunda posições, respectivamente.

Neste ranking há marcas que aparecem algumas vezes. Um exemplo é a Mercedes-Benz que, além do L 1620 se destacou, também, com o seu tradicional 113 que foi o quinto mais buscado no período.

Conheça algumas curiosidades sobre estes campeões listadas pela Agência Transporta Brasil (ATB).

Volkswagen Constellation 24.250

O caminhão nasceu em 2005 junto com a linha Constellation. Esse modelo foi o primeiro representante semipesado com o nome da família. Os demais lançados naquela época faziam parte da gama pesada rodoviária.

A comercialização deste semipesado iniciou um ano depois, em 2006, e terminou em 2011, quando sua produção foi interrompida em função da chegada da motorização Euro 5. Nesse período, foram vendidas 50.024 unidades do modelo que se transformou um líder do segmento de 24 toneladas.

Mercedes-Benz L 1620

O representante da Mercedes-Benz é um semipesado de cabine bicuda, característica que ainda faz parte do imaginário coletivo de muitos caminhoneiros.

Uma das razões que fazem com que seja um dos mais procurados no seu segmento é a segurança que proporciona para quem pilota este bruto.

Foi comercializado de 1996 a 2011 e sua produção também foi interrompida com a chegada da tecnologia Euro 5. Nesse período foram vendidas 103 mil unidades deste modelo, sendo 91 mil para o mercado interno. São muitos L1620 rodando por aí!
O caminhão que era o mais querido na região nordeste do Brasil foi substituído pelos modelos Atron 2324 e Atego 2426.

Scania T 113 360

Protagonista na história da marca do grifo, este caminhão foi o mais vendido da história da Scania no Brasil com 26.398 unidades comercializadas entre os anos de 1991 e 1998. O 113 H 4×2 de 360 cv foi o integrante mais bem-sucedido da Série 3, com um total de 19.974 unidades vendidas durante seus sete anos de existência.

Por causa do sucesso deste caminhão, em 2017, quando a Scania comemorou 60 anos da sua presença no Brasil, lançou uma edição especial deste modelo: uma homenagem especial ao seu visual icônico caracterizado pela cor clássica azul celeste e faixas decorativas em suas laterais nas cores rosa, lilás e roxo. O eleito para receber esta homenagem foi o modelo da gama R que possui cabine Streamline, nas potências de 440 cv e 480 cv.

Ford F-4000

Dona de clássicos que habitam o imaginário do caminhoneiro, a Ford tem modelos históricos como a saudosa F-1 e mantém esta tradição com a picape F-4000, campeã de vendas que, apesar de ser produzida, é bastante procurada entre veículos usados.

A F-4000 começou a ser produzido no Brasil em 1975, com uma breve interrupção entre os anos de 2012 e 2014, voltando ao mercado a partir de agosto de 2014. Sua robustez e resistência, principalmente nas operações fora de estrada, são os seus principais atributos. Por isso, quando a marca relançou a F-4000, já com motor de tecnologia Euro 5, apostou também na versão 4×4.

Mercedes-Benz L-1113

Imagine um caminhão que começou a ser produzido na década de 1960, ainda estar entre os cinco modelos de caminhões mais procurados do país? Isso acontece porque o caminhão L-1113 é tão robusto, que virou o “pau pra toda obra”, tipo o fusca dos pesados. Todo mundo já se deparou com ele, seja na estrada ou na cidade.
O L-1113 é sucessor do L-1111, mas juntos eles venderam 240 mil unidades, sendo que mais de 2.300 unidades do L-1113 foram exportadas. Sua produção foi interrompida em 1987.

+ Saiba tudo do mundo do transporte rodoviário. Curta nossa página no Facebook!

Agência Transporta Brasil – ATB
redacao@transportabrasil.com.br

COMMENTS