2018 foi o ano dos pesados

2018 foi o ano dos pesados

Especial Dia das Mães 2019
Caminhoneiros ameaçam nova paralisação e Petrobras anuncia preço fixo do diesel
Os caminhões mais buscados no Mercado Livre

Licenciamento ano passado cresceu de forma não vista desde 2014

Durante 2018, mesmo em meio às incertezas do mercado, a produção de caminhões cresceu 27,1%. A informação é da Anfavea, associação que representa os fabricantes nacionais de veículos.

Foram 105.534 unidades produzidas ante as 83.044 em 2017. Os segmentos responsáveis por esse aquecimento dentro das fábricas foram o agronegócio, cana, madeira e mineração.

Com esses dados, estima-se que em 2018 houve uma média diária de produção superior a 400 veículos dia.

Domínio dos pesados

Os caminhões pesados responderam por 47% do total dos licenciamentos, ou seja, 49.411 unidades licenciadas.

Em números foram 75.987 do total de caminhões licenciados, o que significa um crescimento de 46,3% frente a 2017, quando foram licenciadas 51.941 unidades de janeiro a dezembro daquele ano.

O segmento de caminhões semipesados foi o segundo melhor, com 27.410 veículos licenciados, ficando com 26,02% do total, contudo os setores de consumo como distribuição e varejo, e de aplicações vocacionais também tiveram sua participação nas vendas.

Segundo a Anfavea, desde 2014 não se via resultados tão bons.Naquele ano foram licenciados 140 mil unidades, números bem aquém do que se viu em 2018, mas ainda assim positivos se comparar ao período entre 2015 a 2017.

Exportações

Para Antonio Megale, presidente da Anfavea, a produção só não foi maior porque as exportações não responderam à altura, sobretudo na Argentina, forte parceira comercial da indústria brasileira. Para se ter uma ideia, houve queda nas exportações de caminhões na ordem de 12,7%, ou seja, de janeiro a dezembro do ano passado foram exportados 24.642 unidades. Já em 2017, as exportações foram melhores, com 28.220 unidades.

Nos passageiros

Por outro lado, as exportações de ônibus não sofreram alteração: foram 9.101 unidades exportadas em 2018 enquanto que em 2017 foram de 9.102.

A produção de ônibus também foi positiva, aumentando 29,1% em 2018 em relação ao ano anterior. Foram 15.081 unidades ano passado, enquanto que em 2017 tinham sido licenciadas apenas 11.755 unidades.

Confira a entrevista com Luiz Carlos Moraes, vice-presidente da Anfavea, na radioweb Transporta Brasil acesse aqui

+ Saiba tudo do mundo do transporte rodoviário. Curta nossa página no Facebook!

COMMENTS