Eles tiraram o “gesso” da manutenção dos caminhões

Eles tiraram o “gesso” da manutenção dos caminhões

E tiveram bons ganhos para os clientes. Entenda como a Scania está usando a tecnologia para trazer novos serviços de manutenção em seus veículos

O que esperar de 2013?
Volvo divulga vencedores do Prêmio de Segurança no Trânsito
Sansuy fornece modelo de lona para VUCs e caminhões

E tiveram bons ganhos para os clientes. Entenda como a Scania está usando a tecnologia para trazer novos serviços de manutenção em seus veículos

Conectados. Esta é a palavra de ordem na Scania. Os serviços oferecidos pela marca aos clientes estão em novo patamar e isso tem trazido bons resultados. O caminhão, agora conectado, conta tudo para a central: o que acontece com ele, os parâmetros do motor, o jeito com que o motorista está fazendo seu trabalho.

Conta até sobre o desgaste das peças e como as viagens estão acontecendo. O resultado: até 16% na redução de custos e aumento de 20% de disponibilidade, de acordo com cada perfil de transporte. E já são quase 10 mil veículos conectados.

O novo sistema permite a conexão de informações feita por meio dos Serviços Conectados Scania, identificando diversos fatores como estilo de condução do motorista, velocidade média, consumo e intervalos de manutenção. Portanto, passa a existir uma gestão compartilhada entre cliente e rede de concessionárias, para mais assertividade e previsibilidade da operação.

Outro dos grandes diferenciais da Manutenção com Planos Flexíveis em relação aos programas tradicionais é saber o momento exato da parada preventiva, assim como tudo o que é necessário para a revisão conforme a operação de cada caminhão. Com essa antecipação, as manutenções passam a acontecer no momento correto.

A cobrança por quilometragem e de acordo com faixas de consumo de combustível é inédita dentro da Scania mundialmente. A arrojada criação brasileira funciona por meio de escalas de economia determinadas, e torna o pagamento mais dinâmico conforme a operação. Os veículos que gastarem menos diesel entram em uma faixa de menor demanda de manutenção preventiva, e de tarifas reduzidas por quilômetro rodado. A boa performance e a direção do motorista passam a fazer ainda mais diferença. Para auxiliar o transportador a manter seus condutores dentro das médias mínimas de consumo, a Scania oferece o Driver Services, também lançado em outubro. O programa de condução personalizada pode chegar em torno de 10% de economia por caminhão.

O caso Cordenonsi

Visitamos, em Santa Catarina, a sede da transportadora Cordenonsi. A empresa tem uma relação antiga com a Scania e foi uma das primeiras a comprar os novos R450, que vai usar em suas rotas de cargas frigorificadas.

Em 2017, a parceria entre as empresas deu um salto com a chegada dos Serviços Conectados e da Manutenção com Planos Flexíveis. Soluções que vão ao encontro da essência da Cordenonsi: a manutenção preventiva. “Os planos flexíveis são uma revolução. A partir de agora só comprarei caminhão com esta modalidade”, diz Felipe Cordenonsi, gerente corporativo de Operações.

Nos Serviços Conectados, o pacote Análise, grátis por 10 anos, traz proventos eficientes. “Uma das benesses é conhecer o comportamento da frota com relatórios semanais. Analiso consumo, tempo parado com o motor ligado, quanto o veículo rodou e como utilizou a faixa econômica. Assim, ajo de modo proativo com a equipe para que o caminhão seja o mais rentável possível.”

Segundo o gerente, antes dos Serviços Conectados a equipe de gestão de frota precisava esperar que o motorista terminasse todo o ciclo da viagem para apenas na volta calcular a média de consumo e o quanto o frete foi rentável. “Esse processo lento é passado. Com o relatório semanal ligo para o motorista para a correção já durante a viagem.”

Com a compra dos veículos de 450cv e motor da nova geração Scania, e após os comprovados resultados do Análise, a Cordenonsi adquiriu o pacote Desempenho da conectividade. Escolheu experimentar em 10 caminhões – cinco R 450 e cinco R 440 – o pacote que tem custo, por ser mais completo. “O relatório de acompanhamento é individual por veículo e em tempo real. Portanto, consigo ligar na mesma hora, mantendo a segurança do motorista, quando algo saiu da ordem econômica de direção. É um avanço surpreendente, que está gerando mais rentabilidade.”

São 48 caminhões ativos, sendo os 40 comprados recentemente e outros oito seminovos. “Quando ouvi o que ela promete, quis adquirir. A transformação na frota foi imediata. De fato, o caminhão só vai para a manutenção quando ele avisa e precisa. Já reduzimos em 50% as paradas. A Scania e a Cavese, concessionária local, nos informam com precisão a data para uma programação antecipada. A previsibilidade reduz custos”. Segundo o gerente, foi eliminada a perda de tempo e de combustível com deslocamento do caminhão até a concessionária local apenas para consertos. “Agora, posso aproveitar a viagem para fazer a manutenção em qualquer casa da marca. Isso representa mais disponibilidade e ganho real”, diz. Felipe Cordenonsi também elogia o modo de pagamento. “É muito fácil entender a cobrança. É calculado em detalhes o km rodado e a média de consumo. A fatura se molda ao veículo. Se mudar o tipo de operação, o plano se adapta automaticamente. É fantástico.”

Outro serviço Scania adquirido foi o Driver Service “Vamos ter o treinamento para os motoristas que dirigem os novos R 450, e também o Driver Coaching. Ou seja, a Master Driver da Cavese dará a formação e vai acompanha-los periodicamente. Percebemos que o condutor ao longo do tempo vai voltando aos velhos hábitos, por isso a importância da atualização constante.”

Tempos modernos.

COMMENTS