Porto de Tubarão (ES) recebe navio da nova geração de Valemax

Porto de Tubarão (ES) recebe navio da nova geração de Valemax

Embarcação conta com capacidade de carregamento de até 400 mil toneladas O Porto de Tubarão, localizado em Vitória (ES), recebeu, neste domingo

Caminhoneiros bloqueiam rodovias de SP, MG e ES por melhorias na categoria
Logística ruim pode deixar algumas regiões sem gasolina no final do ano
Petrobras descobre uma nova acumulação de gás na Bacia do Espírito Santo

Embarcação conta com capacidade de carregamento de até 400 mil toneladas

O Porto de Tubarão, localizado em Vitória (ES), recebeu, neste domingo (20/5) o navio Ore Tianjin que, na ocasião, fazia a sua viagem inaugural. Este é o segundo exemplar da nova geração de VLOCs (Very Large Ore Carriers), chamado de “Valemax”. A embarcação conta com capacidade de carregamento de até 400 mil toneladas e foi construída a partir de uma iniciativa da Vale.

A operação consistiu e um carregamento de 388 mil toneladas de minério de ferro, que irão para o mercado asiático.

Os novos VLOCs emitem entre 15% a 20% menos gás carbônico que os Valemaxes da primeira geração, cujas operações tiveram início em 2011.

Os outros 30 navios de 400 mil toneladas serão entregues aos armadores até o fim de 2019. Além desses, a Vale negocia contratos que resultarão na construção de novos navios de 325 mil toneladas, os chamados Guaíbamax.

“Consideramos que esses navios incorporam o estado da arte em termos de eficiência e de inovação ambiental na área. O Guaíbamax, por exemplo, será equipado também com um sistema de limpeza de gases de descarga que permitirá eliminar em até 99% a emissão de enxofre na atmosfera”, explica a diretora de Navegação da Vale, Renata Costa.

Entre 70% e 74% dos grandes navios que transportam cargas da Vale – ou seja, com capacidade acima de 180 mil toneladas – fazem a rota Brasil-China.

COMMENTS