Demanda por voos domésticos de companhias brasileiras cresce 3,4% no 1º trimestre

Demanda por voos domésticos de companhias brasileiras cresce 3,4% no 1º trimestre

Ao todo, foram transportados 23 milhões de passageiros pagos entre janeiro e março Relatório divulgado pela Agência Nacional de Aviação Civil (

TAP estende política de proteção ambiental ao kits de bordo
China anuncia fabricação dos primeiros aviões elétricos de passageiros
Frota de aeronaves cresce 6,4% no Brasil

Ao todo, foram transportados 23 milhões de passageiros pagos entre janeiro e março

Relatório divulgado pela Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) aponta que a demanda por voos domésticos das companhias aéreas brasileiras (medida em RPK, passageiros-quilômetros pagos transportados) acumulou alta de 3,4% no primeiro trimestre do ano, em relação ao mesmo período do ano anterior.

A oferta (medida em ASK, assentos-quilômetros ofertados) também cresceu, por volta de 2,2%. Ao todo, foram transportados 23 milhões de passageiros pagos.

A taxa de aproveitamento das aeronaves também cresceu, atingindo 81,9% dos assentos, com variação positiva de 1,1% em relação ao primeiro trimestre de 2017.

No transporte de carga e correio, as empresas aéreas brasileiras registraram alta acumulada de 11% em relação ao mesmo período de 2017, no mercado doméstico.

A demanda por voos internacionais de companhias aéreas brasileiras teve um crescimento mais expressivo que o do mercado nacional: 16,2%. Foram transportados 2,5 milhões de passageiros pagos de janeiro a março.

A oferta cresceu 18,8% nos primeiros três meses do ano em relação ao mesmo período de 2017.

Já a ocupação dos voos internacionais das empresas brasileiras caiu. Houve recuo de 2,2% no número de assentos ocupados (83,6%) em relação aos 85,5% apurados no mesmo período de 2017.

O transporte de carga e serviço de correio internacionais registrou expansão de 37,8% em relação ao mesmo período do ano passado.

COMMENTS