Placas no padrão Mercosul deverão ser aplicadas em veículos brasileiros a partir de setembro

Placas no padrão Mercosul deverão ser aplicadas em veículos brasileiros a partir de setembro

Toda a frota deverá contar com o novo modelo de identificação até 2023 Os órgãos e entidades executivas de trânsito dos Estados e do Distrito Federal

Procurador considera alterações na Lei do Motorista inconstitucionais
Ford Caminhões inaugura concessionária em Roraima
Rede Auto Sueco regista 23% de crescimento na venda de semipesados

Toda a frota deverá contar com o novo modelo de identificação até 2023

Os órgãos e entidades executivas de trânsito dos Estados e do Distrito Federal deverão realizar emplacamento de veículos novos com placas no padrão Mercosul a partir de 1º de setembro deste ano.

Regra também valerá para veículos em processo de transferência de município ou de propriedade ou quando houver necessidade de substituição das placas.

Toda a frota deverá contar com o novo modelo de identificação até 2023, segundo uma resolução do Contran (Conselho Nacional de Trânsito), publicada no dia 8/3, no Diário Oficial da União. Texto regulamenta a adoção da nova placa veicular no Brasil com a implementação de um chip de identificação.

Esses chips serão produzidos pela Casa da Moeda e compartilharão os dados com outros órgãos, permitindo integração com as polícias e com a Receita Federal e as receitas estaduais. Além disso, os chips também proporcionarão acesso a sistemas de portões e cancelas, permitindo liberação automatizada em pedágios e estacionamentos.

 

COMMENTS