FCA convoca mais de 1,3 milhão de veículos para recall

Recolhimentos ocorrerão por causa da abertura indevida de airbags e tembém por risco de incêndio

FCA amplia capacidade de carregamento do Terminal de Pirapora com “Pera Ferroviária”
FCA conclui pera ferroviária do Terminal Intermodal de Pirapora
Segurança nas ferrovias também é foco da Semana Nacional do Trânsito

A Fiat Chrysler Automobiles (FCA) anunciou que fará um recall de 1,33 milhão de veículos em duas campanhas. Segundo a montadora, os recolhimentos ocorrerão por causa da abertura indevida de airbags e tembém por risco de incêndio.

A primeira convocação corresponde a 538 mil Dodge Journey modelos 2011 a 2015 na América do Norte e 233 mil Fiat Freemont de 2011 a 2015 vendidos em outros mercados. O chamado ocorre por causa de um problema com a bolsa inflável do motorista. Uma adversidade na fiação elétrica pode abri-la inadvertidamente como resultado de um curto-circuito. Já houve cinco casos relatados desse tipo. Isso também pode causar o funcionamento ininterrupto do limpador de para-brisa.

Já os outros 565 mil veículos estão divididos entre o Chrysler 300, o Dodge Charger, o Dodge Challenger e o Dodge Durango modelos 2011 a 2014 e o Jeep Grand Cherokee 2012 a 2014. Os alternadores devem ser substituídos por causa da possibilidade de incêndio. Segundo a montadora, temperaturas ambientes elevadas podem provocar o problema, com potencial comprometimento do sistema ABS dos freios. Há duas ocorrências relatadas.

COMMENTS