Dnit anuncia nova Pesquisa Origem e Destino nas estradas federais

Autarquia entrevistará motoristas em rodovias para discorrer sobre motivos da viagem e condições das vias

DNIT trabalha em 11 projetos de restauração de trechos de rodovias no Centro-Oeste
Estiagem prejudica transporte de combustível para RO, AM e MT
DNIT realiza duplicação e restauração de trecho da rodovia BR-163/364 no Mato Grosso

pesquisa-origem-destino

O Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit) informou que, entre os dias 1º e 7 de julho, os motoristas que passarem pelas principais rodovias federais serão entrevistados sobre os motivos da viagem e as condições das vias. Ação faz parte da terceira etapa da Pesquisa Origem e Destino. A expectativa é que mais de 500 mil entrevistas sejam realizadas. A participação é voluntária.

O levantamento é uma iniciativa do Ministério dos Transportes, Portos e Aviação Civil, realizada por meio do Dnit, para traçar um diagnóstico socioeconômico das viagens nas rodovias federais. O governo espera com esse trabalho identificar os gargalos logísticos dos principais corredores de transportes do país e a necessidade de expansão ou adequação de capacidade da malha rodoviária.

Ao todo, 5 mil militares do Exército estarão em 123 postos das rodovias federais para aplicarem o questionário aos motoristas de veículos de passeio e de carga. Somente Amazonas, Roraima e Amapá não participam do projeto. Entre as principais rodovias onde serão realizadas as entrevistas, estão a BR-116, BR-101, BR-153, BR-163 e BR-364. A pesquisa será feita por amostragem, de forma aleatória, por tipo de veículo.

O trabalho também conta com a parceria da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) e do Comando de Operações Terrestres do Exército Brasileiro (Coter).

COMMENTS