China duplica investimentos portuários em 2016

De olho no mercado mundial, cifra ultrapassa a marca dos US$ 20 bilhões

Cathay Pacific Cargo faz pedido de três Boeing 747-8 cargueiros
PSA negocia expansão da GEFCO em joint venture com a JSC Russian Railways
UPS fecha negócio pela TNT Express por mais de 5 bilhões de euros

A China, em 2016, duplicou seus investimentos em projetos portuários, que ultrapassaram a marca dos US$ 20 bilhões. Os portos estabelecidos para os investimentos chineses se agrupam em torno do que é chamados por eles de três “passagens econômicas azuis”. Recentemente, o país nomeou essas passagens como fundamentais para o sucesso do “One Belt One Road”, um grande esquema para conquistar aliados diplomáticos e mercados abertos em cerca de 65 países entre Ásia e Europa.

Um estudo do banco de investimentos londrino Grisons Peak aponta que as empresas chinesas anunciaram planos para comprar ou investir em nove portos no exterior até junho de 2018, em projetos com valor total de US$ 20,1 bilhões. Além disso, estão em curso discussões para investimentos em vários outros portos — sem nenhum valor foi divulgado.

“Este ano, a China anunciou todas suas três passagens econômicas azuis, por isso, não é nenhuma surpresa ver esse nível significativo de aumento do investimento em portos e transporte marítimo”, disse Henry Tillman, presidente-executivo da Grisons Peak.

COMMENTS