Aerolíneas estuda vender parte da frota da subsidiária Austral

Lote que pode ser negociado conta com 24 aeronaves E190, fabricadas pela Embraer

DB Schenker permite acompanhamento online de estoque de peças para navios
American Airlines anuncia aumento de frequências e rota para o Brasil
TAM e Turkish assinam acordo de compartilhamento de voos

A Aerolíneas Argentinas quer vender parte da frota de sua subsidiária Austral. São 24 E190 da Embraer. As informações são do jornal argentino La Nación.

Um dos motivos que levam a empresa a estudar a negociação é a configuração dos aviões da fabricante brasileira. A venda, de acordo com executivos, será feita apenas se a operação de comprar aeronaves maiores for concretizada.

Inicialmente, a transportadora adquiriu 22 jatos com 96 assentos, depois comprou mais dois e, finalmente, alugou outros dois. De acordo com a Embraer, a estreia do E190 teve a entrega dos jatos com 88 assentos na econômica e oito na executiva.

A Aerolíneas tem uma frota composta em sua maioria por modelos de pequeno e médio porte da Airbus e Boeing.

COMMENTS