Produção de caminhões no Brasil chega a quase 30 mil unidades entre janeiro e maio

Resultado significa alta de 13,9% em comparação com mesmo período do ano passado

Produção de caminhões no Brasil cresceu 22% em outubro, revela Anfavea
Produção de caminhões recua, mas ainda sobe 12,8% até setembro
Produção de veículos no Brasil cai 19,5% em setembro

caminhoes-producao

A produção de caminhões de janeiro a maio chegou a 29,2 mil unidades, registrando alta de 13,9% sobre o mesmo período de 2016. Desse total, 10,7 mil unidades foram enviadas ao exterior.

As exportações cresceram quase 40% ao comparar com iguais meses do ano passado. Neste caso, os semipesados somam 3,9 mil unidades (alta de 69,5%) e os pesados 3,8 mil (acréscimo de 28,2%).

A Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores (Anfavea) esperava para 2017 um panorama com alta de 26,1% na produção dos veículos pesados, além de um avanço de 10% em suas exportações.

No mercado brasileiro, em maio foram licenciados no Brasil apenas 17,2 mil caminhões, volume que representa um recuo de 19,4% em comparação com os mesmos cinco meses de 2016. Todos os segmentos registraram queda de vendas.

“Não é possível dizer se algum destes terá recuperação mais rápida que os demais. Vimos apenas a melhora em alguns nichos como distribuidores de bebidas, químicos e, no começo do ano, o setor canavieiro”, disse o vice-presidente da Anfavea, Luiz Carlos Gomes de Moraes.

O maior volume de vendas no País ainda é o de pesados, 6,2 mil no acumulado do ano ou 35,8% do total de caminhões licenciados no Brasil.

COMMENTS