40% dos condutores já fizeram zigue-zague na estrada por dirigir com sono, aponta pesquisa

De 495 entrevistados, 86,6% se sentiram sonolentos enquanto trafegavam nas rodovias

BNDES suspende Finame PSI para caminhões. Procaminhoneiro está mantido
Effa Motors lança Hafei Picape versão cabine dupla
Recuperação das estradas da região serrana do Rio de Janeiro deve levar mais de 180 dias

sono-ao-volante

Dormir dirigindo é mais comum do que parece. É o que diz uma pesquisa realizada pela Academia Brasileira de Neurologia (ABN). De todos os 495 entrevistados, 86,6% já sentiram sono enquanto dirigiam nas rodovias, e desses, 40% assumem que fizeram zigue-zague com o carro por causa disso e outros 23,4% relataram que chegaram a sair da pista sem perceber.

O assunto é tema central de uma ação que será promovida em pedágios e em pontos de parada e descanso.

A maioria afirmou que procura dormir entre sete e oito horas por dia, porém, descansa somente por quatro a seis horas. A insônia foi o distúrbio do sono mais apontado.

Além disso, um dos transtornos do sono mais frequente é a apneia obstrutiva do sono (AOS), e na prática, condutores com esse distúrbio apresentam risco até sete vezes maior de acidentes. A pessoa relaxa a garganta durante o sono de forma a interromper a passagem de ar para os pulmões. Sendo assim, é necessário que o indivíduo acorde brevemente para respirar melhor, voltando a dormir em poucos segundos, o que pode se repetir mais de 60 vezes por hora, levando à fragmentação do sono.

COMMENTS