Sprinter quer mais mercado e comemora 20 anos de Brasil

Sprinter quer mais mercado e comemora 20 anos de Brasil

Linha de comerciais leves da Mercedes-Benz, fabricada na Argentina, já vendeu mais de 3 milhões de unidades em todo o mundo e chega aos 20 anos de mercado no Brasil, onde as vendas atingiram mais de 125 mil furgões, vans e chassis-cabine

Mercedes-Benz renova linha Atego e desenvolve modelo semi-pesado 8×2
Volvo coloca em operação nova carreta para eventos
Carga radioativa terá rastreamento obrigatório

sprinter-20-anos

A Mercedes-Benz celebra os 20 anos de operação comercial da sua linha de comerciais leves, as Sprinter, que já venderam no Brasil mais de 125 mil unidades e que olha para o mercado em 2017 com apetite de aumentar sua participação e vender até 15% mais do que no ano passado.

Para isso,  fabricante aposta no reaquecimento da economia, na retomada dos investimentos, na melhora do consumo e, principalmente no crescimento do e-commerce, que no Brasil está previsto em cerca de 13% nos próximos 12 meses.

A linha Sprinter disponível no mercado brasileiro conta com mais de 60 versões de modelos com variação de Peso Bruto Total de 3,5 a 5 toneladas, com três opções de entreeixos: 3.250 mm (curto), 3.665 mm (logo) e 4.325 mm (extra-longo) e as aplicações são as mais diversas no transporte de cargas e passageiros.

Em 2016, a Mercedes-Benz registrou as vendas de 4.814 unidades Sprinter no Brasil, com 1.592 furgões, 2.219 vans de passageiros e 1.003 chassis-cabine, destinado para o transporte de cargas urbanas com maior capacidade volumétrica.

Neste segmento, o de chassis com cabina, a Mercedes oferece três modelos: 313 Street, com motor de 129 cavalos, e PBT de 3.500 kg, 415, com potência de 146 cavalos e PBT 3.880 kg, e 515, com o mesmo motor de 146 cavalos e Peso Bruto Total de 5 mil quilos. Os chassis permitem a instalação de diversos tipos de carroçarias e implementos e oferecem capacidade volumétrica de carga de até 22 m3 e carga útil de até 2.990 kg.

Segundo Werner Schaal, gerente sênior de Marketing e Vendas de Vans da Mercedes-Benz, a participação da marca no mercado cresceu em mais de 12 pontos percentuais em cinco anos, saltando de 14% em 2011 para 26,6% em 2016. “Esse resultado é muito expressivo por tratar-se de um segmento extremamente competitivo e com potencial de crescimento no País nos próximos anos”, disse o especialista.

COMMENTS