Caminhões » Rodoviário

Sprinter quer mais mercado e comemora 20 anos de Brasil

Linha de comerciais leves da Mercedes-Benz, fabricada na Argentina, já vendeu mais de 3 milhões de unidades em todo o mundo e chega aos 20 anos de mercado no Brasil, onde as vendas atingiram mais de 125 mil furgões, vans e chassis-cabine

14/2/2017

7h44

Leonardo Andrade, editor-chefe do Portal Transporta Brasil

Entre em contato

sprinter-20-anos

A Mercedes-Benz celebra os 20 anos de operação comercial da sua linha de comerciais leves, as Sprinter, que já venderam no Brasil mais de 125 mil unidades e que olha para o mercado em 2017 com apetite de aumentar sua participação e vender até 15% mais do que no ano passado.

Para isso,  fabricante aposta no reaquecimento da economia, na retomada dos investimentos, na melhora do consumo e, principalmente no crescimento do e-commerce, que no Brasil está previsto em cerca de 13% nos próximos 12 meses.

A linha Sprinter disponível no mercado brasileiro conta com mais de 60 versões de modelos com variação de Peso Bruto Total de 3,5 a 5 toneladas, com três opções de entreeixos: 3.250 mm (curto), 3.665 mm (logo) e 4.325 mm (extra-longo) e as aplicações são as mais diversas no transporte de cargas e passageiros.

Em 2016, a Mercedes-Benz registrou as vendas de 4.814 unidades Sprinter no Brasil, com 1.592 furgões, 2.219 vans de passageiros e 1.003 chassis-cabine, destinado para o transporte de cargas urbanas com maior capacidade volumétrica.

Neste segmento, o de chassis com cabina, a Mercedes oferece três modelos: 313 Street, com motor de 129 cavalos, e PBT de 3.500 kg, 415, com potência de 146 cavalos e PBT 3.880 kg, e 515, com o mesmo motor de 146 cavalos e Peso Bruto Total de 5 mil quilos. Os chassis permitem a instalação de diversos tipos de carroçarias e implementos e oferecem capacidade volumétrica de carga de até 22 m3 e carga útil de até 2.990 kg.

Segundo Werner Schaal, gerente sênior de Marketing e Vendas de Vans da Mercedes-Benz, a participação da marca no mercado cresceu em mais de 12 pontos percentuais em cinco anos, saltando de 14% em 2011 para 26,6% em 2016. “Esse resultado é muito expressivo por tratar-se de um segmento extremamente competitivo e com potencial de crescimento no País nos próximos anos”, disse o especialista.

  • tv transporta brasil

    TVTRANSPORTABRASIL
  • Publicidade

  • Articulistas

    Brasil necessita de soluções e pensamento estratégico para alavancar setor de transporte logístico

    Edésio de Campos Horbylon Neto é diretor superintendente da 3T Systems, do Grupo José Alves. Graduado em Direito pela Faculdade Anhanguera de Ciências Humanas, possui especialização MBA em Estratégias de Gestão em Marketing pela Universidade Federal do Rio de Janeiro. O executivo acumula passagem na Autotrac, Texaco do Brasil e Xerox do Brasil.

    Fraude no Controle de Emissões de Veículos Diesel cresce no País

    Artigo exclusivo do diretor da AFEEVAS, Associação dos Fabricantes de Equipamentos de Controle de Emissões de Poluentes da América do Sul, para o Portal Transporta Brasil, alerta para o problema da pirataria para driblar o uso do Arla 32

  • Publicidade

  • Publicidade

  • Bolsa de Valores – ADVFN

  • Redes Sociais

    Facebook