Estado do RJ amarga recorde de roubos de carga pelo terceiro ano consecutivo

Estado do RJ amarga recorde de roubos de carga pelo terceiro ano consecutivo

Foram relatados 9.862 casos em 2016. Em seis anos aumento foi de 220,9%

Scania celebra 60 anos de Brasil com versão limitada dos caminhões R 440 e R 480
Caminhoneiros ameaçam nova paralisação e Petrobras anuncia preço fixo do diesel
E-commerce deve movimentar R$ 1 bilhão no Dia dos Namorados

roubo-de-cargas-rj

O Rio de Janeiro registrou recorde de roubos de carga pelo terceiro ano consecutivo, chegando a 9.862 casos em 2016. Os dados foram divulgados nesta quinta-feira (16/2) pela Federação das Indústrias do Estado do Rio de Janeiro (Firjan).

O relatório da pesquisa, feita com base nos dados do Instituto de Segurança Pública (ISP-RJ), aponta que o aumento foi de 220,9% em seis anos, com prejuízos calculados em R$ 2,1 bilhões no período.

Somente no ano passado, o prejuízo chegou a R$ 619 milhões. Doze delegacias registram mais da metade das ocorrências, de um total de 139 no estado. De 2011 a 2016, foram registradas mais de 33 mil ocorrências, média de uma a cada 1h35.

“O Sistema Firjan ressalta que estes locais ficam no entorno das principais rodovias (Avenida Brasil, BR-040, BR-101-Norte e BR-116) e possuem trechos dominados pelo crime organizado, notadamente o tráfico de drogas”, diz o estudo.

Das ocorrências registradas nos últimos seis anos, 94,8% foram na região metropolitana, com destaque para o aumento de 2.600% em Guapimirim; de 1.700%, em Japeri; de 1.031%, em Mesquita; e de 1.000%, em Itaguaí.

COMMENTS