China surpreende e encerra janeiro com aumento de 7,9% nas exportações

Previsão dos economistas era de 3,1%. Importações cresceram 16,7%, em comparação com o mesmo mês de 2016

UPS fecha negócio pela TNT Express por mais de 5 bilhões de euros
Daimler AG agrega atividades de duas montadoras de caminhão na Ásia
Boeing retoma fase de testes para o 787 Dreamliner

exportacoes-china-2017

A taxa de exportação China surpreendeu no mês de janeiro, revertendo a queda do mês anterior, apontando para um possível sinal de recuperação da demanda externa por bens.

Segundo dados publicados pela Administração Geral de Alfândega do país, na comparação anual, as exportações avançaram 7,9% em janeiro. Em dezembro, os embarques externos caíram 6,1%. O resultado foi surpreendente, isso porque economistas projetaram um acréscimo de 3,1%.

As importações naquele país apresentaram acréscimo de 16,7% no confronto anual de janeiro, e também subiram em dezembro, chegando a 3,1%. A alta prevista era de 10%.

A China inflou o superávit comercial em janeiro, a US$ 51,35 bilhões, de US$ 40,82 bilhões em dezembro.

COMMENTS