Caminhões » Fique atento

500 mil caminhoneiros precisam efetuar recadastramento no RNTRC

ANTT informa que procedimento deve ser realizado até o dia 31 de maio

17/2/2017

10h10

Victor José

Entre em contato

news-rntrc-suspenso

Aproximadamente 500 mil caminhoneiros devem fazer o recadastramento no RNTRC (Registro Nacional de Transportadores Rodoviários de Cargas) até o dia 31 de maio.

A resolução 4.799, publicada pela Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) em 2015 atualizou os procedimentos para inscrição e manutenção no Registro Nacional de Transportadores Rodoviários de Cargas. Por isso, aqueles registros que venceriam entre 2017 e 2020 têm de ser renovados ainda neste semestre. Quem não o fizer fica inabilitado para efetuar o transporte com cobrança de frete. E, caso se mantenha na atividade, estará sujeito a penalidades previstas na resolução, que é multa de R$ 1.000.

Segundo a ANTT, dos transportadores que deveriam ter realizado o recadastramento até 31 de janeiro (placas com final 1 e 2), somente 20% realizaram o procedimento.

A agência estabeleceu um calendário, que deve ser seguido de acordo com o dígito final da placa do caminhão. Confira:

tabela-rntrc

O transportador deve acessar o site rntrc.antt.gov.br para verificar a data limite para se recadastrar.

Uma das novas exigências da ANTT para transportadores autônomos de cargas realizarem o cadastro no RNTRC está a comprovação de ao menos três anos de experiência na atividade ou ter sido aprovado em curso específico. Já empresas e cooperativas de transporte rodoviário de cargas devem contar com um responsável técnico que também comprove três anos de experiência ou seja aprovado em curso.

  • tv transporta brasil

    TVTRANSPORTABRASIL
  • Publicidade

  • Articulistas

    Brasil necessita de soluções e pensamento estratégico para alavancar setor de transporte logístico

    Edésio de Campos Horbylon Neto é diretor superintendente da 3T Systems, do Grupo José Alves. Graduado em Direito pela Faculdade Anhanguera de Ciências Humanas, possui especialização MBA em Estratégias de Gestão em Marketing pela Universidade Federal do Rio de Janeiro. O executivo acumula passagem na Autotrac, Texaco do Brasil e Xerox do Brasil.

    Fraude no Controle de Emissões de Veículos Diesel cresce no País

    Artigo exclusivo do diretor da AFEEVAS, Associação dos Fabricantes de Equipamentos de Controle de Emissões de Poluentes da América do Sul, para o Portal Transporta Brasil, alerta para o problema da pirataria para driblar o uso do Arla 32

  • Publicidade

  • Publicidade

  • Bolsa de Valores – ADVFN

  • Redes Sociais

    Facebook