Movimentação no setor portuário brasileiro cai 1,4% no 3º trimestre

Portos organizados e os terminais privados somaram 264 milhões de toneladas em operações de embarque e desembarque

DERSA inicia obras nos lotes 3 e 4 da Nova Tamoios Contornos
Secretaria de Aviação Civil anula concessões de cinco aeroportos de SP
CSN fecha acordo de 16 bilhões de dólares com asiáticos e cria novo consórcio minerador e de logística

movimentacao-portos

De acordo com dados divulgados pela Agência Nacional de Transportes Aquaviários (Antaq), o setor portuário brasileiro apresentou queda de 1,4% em sua movimentação de cargas no terceiro trimestre do ano.

Juntos, os portos organizados e os terminais privados somaram 264 milhões de toneladas em movimentações de embarque e desembarque, resultando em 3,8 milhões de toneladas a menos do que no mesmo período de 2015.

Os portos organizados registraram um decréscimo de 4,1% em sua tonelagem no último trimestre, comparando com os mesmos meses de 2015. Foram 89,9 milhões de toneladas consolidadas em movimentações. Os terminais privados alcançaram 174,1 milhões de toneladas, caindo somente 0,03%.

A Antaq afirma que o desempenho foi afetado principalmente pelas quedas nas exportações de dois grupos de commodities agrícolas, como as sementes, frutos oleaginosos e cereais.

O Porto de Santos se manteve na liderança entre os portos organizados com a maior movimentação ao atingir 26,4 milhões de toneladas, porém, esse total indica uma queda de 7,2%.

Esse foi o segundo trimestre seguido em que os terminais privados apresentam decréscimo na movimentação, o que não ocorria desde 2014.

COMMENTS