Gransol anuncia R$ 110 milhões em investimentos para operações no Porto de Paranaguá (PR)

Projeto contempla construção de silos e instalação de correias transportadoras

Infraero Investirá US$ 300 milhões em logística de cargas
TGA Logística passa a realizar transporte de cabotagem
MRS assume terminal ferroviário da Rede Ferroviária Federal S.A em Jundiaí (SP)

paranagua-dez-16

A companhia logística Gransol investirá R$ 110 milhões na construção da sua própria estrutura para operar pelo Corredor de Exportação do Porto de Paranaguá. A perspectiva da companhia é de que dobre a movimentação anual, saltando de 1 milhão de toneladas anuais para 2 milhões de toneladas. Há quatro décadas a empresa movimenta cargas exclusivamente pelos silos públicos e por multinacionais do segmento. O projeto inclui a construção de silos e a instalação de correias transportadoras.

Os R$ 110 milhões que serão aportados pela Gransol integram o programa de investimentos privados de R$ 5,1 bilhões para os Portos do Paraná, até 2030.

A nova estrutura da Gransol compreende três silos com capacidade estática de armazenamento de 25 mil toneladas cada. Além disso, serão instaladas correias transportadoras de grãos ligadas ao Corredor de Exportação com capacidade de carregamento de 4 mil toneladas por hora.

A previsão é que o empreendimento fique pronto e comece a operar até o começo de 2019.

Nem mesmo a crise econômica que se arrasta no Brasil nos últimos dois anos desencorajou a Gransol. “O Paraná é um Estado com uma agricultura muito forte e, por isso, apostamos no setor”, explica Vale. Além de carga do próprio Estado, a empresa também movimenta grãos vindos do Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Goiás e São Paulo.

COMMENTS