Centro de manutenção da TAM completa 15 anos

Volume de carga da Lufthansa cresce 8,4% em 2011
Infraero inicia a ampliação do aeroporto de Fortaleza (CE)
Aeroporto de Guarulhos barateia preço da diária de estacionamento
TAM MRO
O Centro de Manutenção da TAM (MRO), localizado em São Carlos (SP), comemora 15 anos neste mês e completa R$ 270 milhões investidos em instalações, treinamentos e equipamentos no período. Durante este tempo, o MRO executou cerca de dois mil checks (manutenção) em aeronaves como os da família Airbus A320 (A319, A320, A321), Airbus A330, Boeing 767, Embraer ERJ 170 – 190, Fokker 100, ATR 42, ATR 72 e FAB 2101.
Ao todo, foram quase 500 mil componentes revisados, tais como poltronas, componentes elétricos, eletrônicos, hidráulicos e pneumáticos, por exemplo. A depender da idade e do tempo de voo da aeronave, os checks podem durar de 4 a 34 dias, período em que os mecânicos podem executar até 1,3 mil tarefas de manutenção, aproximadamente.
Atualmente, o local é responsável por realizar 45% das manutenções das 323 aeronaves do Grupo LATAM. Em 2015, o centro realizou 225 checks, dos quais foram revisados mais de 48 mil componentes, que demandaram 420 mil peças novas. Cenário bastante distinto daquele de 15 anos atrás, quando foram realizados apenas 28 checks durante o ano em apenas um hangar. Para 2016, a expectativa é que o centro aumente em 9% a sua capacidade operacional, possibilitando 20 checks de aeronaves a mais, na comparação com o ano passado. Para isso, a empresa investiu R$ 10 milhões na construção de seu quinto e sexto hangares.

 

COMMENTS