Após safra recorde em 2015, Conab prevê crescimento de 1,4% na produção de grãos em 2016

Supersafra de grãos poderá aumentar frete em cerca de 10%
Brasil tem safra de grãos recorde
Conab prevê safra recorde de grãos, que deve passar de 206 milhões de toneladas

soja-colheita-safra

O Brasil deve produzir um novo recorde de 210,5 milhões de toneladas de grãos na safra 2015/16, em fase inicial de colheita. O volume representa 1,4% a mais do que a safra anterior (ou mais 2,8 milhões de toneladas), segundo o quarto levantamento da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), divulgado nesta terça-feira, 12.

+ Governo desmente Anfavea e não vai custear programa de renovação da frota

De acordo com a pesquisa, o destaque é a soja, com crescimento de 6,1%, passando de 96,2 milhões para 102,1 milhões de toneladas. O aumento foi impulsionado pelos preços da oleaginosa no mercado mundial. O maior produtor de soja é o Estado de Mato Grosso, com 28,3 milhões de toneladas, o que representa cerca de 28% da safra nacional, seguido do Paraná, com 18,5 milhões de toneladas.

Com relação ao milho (1ª safra), os números apresentam uma redução de 7,7%, passando de 30,1 milhões para 27,8 milhões de toneladas. Isso ocorre, segundo o levantamento, porque os produtores vêm optando pelo plantio de soja na mesma área do milho. Após a colheita da soja, os agricultores devem iniciar o plantio do milho 2ª safra.

+ RTE Rodonaves expande área de atuação e passa a atender 10 estados

Segundo a Conab, a estimativa de área plantada no Brasil totaliza 58,5 milhões de hectares, com aumento de 0,9% sobre a safra passada, que foi de 57,9 milhões de hectares. “Esse fator deve-se unicamente ao crescimento de 3,5% (1,1 milhão de hectares) da área de soja”, afirma a entidade. As outras culturas apresentaram decréscimo na área de plantio, com exceção da mamona, que teve um crescimento significativo de 56,4%, passando de 82,1 mil para 128,4 mil hectares.

+ Saiba tudo do mundo do transporte e da logística. Curta nossa página no Facebook!

COMMENTS