São Paulo terá primeira estrada com corredor exclusivo para carro elétrico

Via ficará no trecho da Anhanguera que liga a capital à Campinas e terá um posto de recarga na altura de Jundiaí

Concessionária espera 840 mil veículos no sistema Anhanguera-Bandeirantes durante feriado de Corpus Christi
Arteris registra 28,9% de acréscimo nos lucros do 4º trimestre
Prefeitura de Campinas (SP) relaxa restrições aos caminhões em 11 trechos urbanos

complexo-anhanguera01

A CPFL Energia, a Rede Graal e a CCR AutoBAn fecharam parceria para criar o primeiro corredor intermunicipal para veículos elétricos do país, interligando Campinas a São Paulo. O “eletroposto” rodoviário está no Posto Graal 67, na Via Anhanguera, km 67 (altura de Jundiaí), na pista sentido Capital – Interior.

+ Dezembro é o mês que mais se morre no trânsito nas estradas federais

No futuro, a CPFL estuda expandir a infraestrutura para outros postos de serviços da Rede Graal, como o Posto 56, localizado na Via Bandeirantes. A parceria entre as empresas contou com o apoio institucional da Associação Brasileira de Veículos Elétricos (ABVE).

carro elétrico

Os eletropostos permitem o carregamento rápido dos veículos, reabastecendo 80% da bateria em meia hora. O posto da Rodovia Anhanguera recebeu um eletroposto universal doado pela fabricante suíço-sueca ABB, permitindo o abastecimento de todos os tipos de carros elétricos disponíveis no mercado.

+ Braspress admite escassez de profissionais, mas é rígida para contratar motoristas

A CPFL Energia foi responsável pela instalação de toda infraestrutura do eletroposto rápido, que inclui um transformador de baixa tensão, o carregador e o cabeamento necessário para o funcionamento dos equipamentos. A Rede Graal assumirá as despesas com o consumo de energia. Com isso, os usuários poderão reabastecer os seus veículos elétricos gratuitamente nos postos 24 horas por dia, todos os dias.

+ Fique por dentro de tudo o que acontece no Transporte e na Logística pelo Facebook

COMMENTS