Saiba o que a JSL procura em um motorista (e o que ela não aceita de jeito nenhum)

Saiba o que a JSL procura em um motorista (e o que ela não aceita de jeito nenhum)

Claudemir Turquetti, gerente de desenvolvimento humano e organizacional da JSL, contou para o Portal Transporta Brasil quais são as 5 características que a empresa busca quando contrata motoristas de caminhão e outras 5 que eliminam qualquer candidato

Consórcio Volvo comemora Jubileu de Prata
Mercedes-Benz renova linha Atego e desenvolve modelo semi-pesado 8×2
Ford e Castrol ampliam parceria no Brasil

JSL 1Depois de um 2015 sofrível para o setor de transportes em geral, quem quiser entrar nesse seguimento ou se realocar em uma boa empresa em 2016 precisa estar preparado para as exigências. Fazer parte dos principais times do transporte e logística do país não é tarefa das mais simples. Por isso, nas próximas semanas, o Portal Transporta Brasil trará dicas diretamente de quem contrata nas grandes empresas para os leitores que já estão se preparando para o ano que vem.

Para começar, o gerente de desenvolvimento humano e organizacional da JSL, Claudemir Turquetti, conta qual é o perfil dos profissionais contratados para comandar as carretas da transportadora.

+ TruckPad cria ferramenta que alerta motoristas sobre serviços personalizados

Cinco características que a JSL procura em um motorista:

 – Comprometimento: preocupação com a segurança tanto do próprio motorista quanto de terceiros, e da mercadoria que está sendo transportada; ter responsabilidade com as regras da organização e as tarefas designadas é uma das características mais valorizadas pela JSL. A assiduidade é também parte do compromisso e da dedicação assumidos com a empresa

 – Gostar do que faz: no caso dos motoristas, dirigir. E, para isso, é essencial que ele esteja não apenas descansado e bem de saúde, como consciente da responsabilidade de dirigir com segurança, preservando sua vida e de todos que estão a sua volta

 – Ter disponibilidade de horário: trajetos curtos, médios ou longos em dias variados da semana são necessidades do trabalho. O profissional deve estar disponível para uma escala diversificada

+ Recadastramento obrigatório no RNTRC começa dia 1º de dezembro

– Honestidade: manter a palavra e assumir eventuais falhas ou problemas que venham a ocorrer no trabalho são imprescindíveis

 – Aderência à cultura da organização: identificação com as crenças e objetivos da empresa ajudam o profissional a se manter motivado. Admirar e se sentir parte de uma companhia são essenciais para a pessoa acreditar na importância do próprio trabalho

+ Senado deve proibir venda de bebidas alcoólicas em rodovias federais

JSL
Cinco características que a  JSL evita na hora de contratar um motorista:

 – Falta de disponibilidade de horário: dificulta o andamento do trabalho, que requer flexibilidade para o transporte de cargas em dias, horários e distâncias muito variadas

 – Dificuldade de relacionamento: pessoas que geram conflitos, fazem intrigas, criam boatos; são egoístas, manipuladoras e agressivas; não sabem trabalhar em equipe, nem ouvir e tornam o cotidiano dos demais profissionais com os quais interagem um tormento

+ MRS abre seleção para Programa de Estágio 2016

 – Impulsividade: agir sem pensar e sem calcular riscos para si mesmo e os demais, o que para quem atua atrás de um volante pode ser extremamente perigoso, levando à imprudência que colocam em risco até mesmo vidas e mercadorias

 – Não apresentar documentação necessária: documentos pessoais e do veículo em dia, carteira de habilitação para condução de caminhão

– Não estar devidamente habilitado e certificado com os respectivos cursos da portaria Detran

+ Fique por dentro de tudo o que acontece no Transporte e na Logística pelo Facebook

 

 

 

COMMENTS