IBEX: o novo operador logístico que aposta em pequenos empreendedores

IBEX: o novo operador logístico que aposta em pequenos empreendedores

Braço da ILOG, a nova empresa tem foco na entrega e armazenagem do estoque de pequenos e médios varejistas do e-commerce

Redução de peso limite de e-Sedex preocupa setor de e-commerce
Volvo também vende peças na web
Sansuy lança loja virtual para a venda de lonas Vinilona
Washington Moura, presidente da IBEX

Washington Moura, presidente da IBEX

A IBEX (Internet Brasil Express), nova empresa de logística integrada da ILOG, abriu as portas do seu primeiro armazém nesta quinta-feira (3), em Barueri (SP), e iniciou as operações com uma aposta ousada: gerenciar o estoque e as entregas de pequenos e médios empreendedores do comércio digital, o e-commerce.

+ Saiba o que a JSL procura em um motorista (e o que ela não aceita de jeito nenhum)

O galpão de 2 000 metros quadrados, com 3 docas, 2 000 posições pallets e 12 000 prateleiras, receberá produtos de comerciantes que efetuam a partir de cinco vendas por dia. “Desde moda, acessórios para a casa e cosméticos, queremos dar à essas pequenas empresas, que hoje são reféns dos Correios, a infraestrutura de logística necessária para concorrer com os grandes players do mercado”, explica o presidente da IBEX, Washington Moura.

+ Kuehne + Nagel renova contrato com gigante farmacêutica global

A proposta da start up é assumir a gestão logística desses sites de comércio e deixar o empreendedor livre para focar no crescimento do seu negócio. Assim, o pedido do cliente feito no site vai direto para o armazém que tem 24 horas para fazer a separação e enviar para o consumidor por meio de uma parceria com a JadLog, Golog e Correios. “A média de crescimento desses sites é de 15 a 20% ao ano. Assim, em cerca de quatro anos, o pequeno vira médio e o médio fica grande”, aposta o diretor comercial da IBEX, Rafael Martau.

ibex armazem

Para completar o apoio aos empreendedores, a empresa montou no mesmo galpão um estúdio fotográfico para que os clientes possam produzir imagens de seus produtos de forma profissional e maximizar as vendas.

+ DHL inaugura centro de competência em commodities agrícolas

A companhia recém-nascida recebeu investimento inicial de 2 milhões de reais e deve expedir seu primeiro pedido em 15 de janeiro. Entretanto, ela conta a a musculatura da ILOG, empresa do mesmo grupo, que tem 5 anos de mercado e movimenta cerca de 1 bilhão de reais em mercadorias por ano e pretende faturar 100 milhões de reais em 2016.

+ Fique por dentro de tudo o que acontece no Transporte e na Logística pelo Facebook

COMMENTS