ANTT divulga esclarecimentos sobre registro provisório no RNTRC

ANTT divulga esclarecimentos sobre registro provisório no RNTRC

Em um comunicado, o órgão também tratou da modificação de frota de transportadores autônomos de cargas

Por atraso em obras, pedágio da BR-101 no Sul terá redução
ANTT suspende reajuste das tarifas de ônibus interestaduais
Greve termina e ANTT muda regras do jogo

rntrc-2013

A ANTT (Agência Nacional de Transportes Terrestres) divulgou dois esclarecimentos aos transportadores de cargas. Um deles trata do registro provisório no RNTRC (Registro Nacional de Transportadores de Cargas). O outro é sobre a modificação de frota dos autônomos.

+ Experiência e noções de mecânica são trunfos para guiar as carretas da RTE Rodonaves

Segundo o aviso, o registro provisório será concedido para novo transportador que não detenha posse ou propriedade de veículo automotor de carga na categoria aluguel, registrado no Detran (Departamento de Trânsito), para ser inserido no RNTRC.

Em breve, será também concedido registro provisório a transportador que esteja com o certificado do RNTRC vencido e não detenha posse ou propriedade de veículo automotor de carga na categoria aluguel e deseja se recadastrar no RNTRC. Quem se encontra nessa situação deverá aguardar.

+ Scania vai lançar leasing operacional para compensar fim do PSI

Os transportadores terão 30 dias para regularizar o veículo automotor de carga no Detran e cadastrá-lo na sua frota do RNTRC. Após a inclusão, o registro passará à condição de Ativo. Ao final do prazo, se não houver inclusão de veículo, o registro passará à condição de Pendente.

Autônomos que quiserem fazer a modificação de frota deverão ir aos pontos de atendimento de seu domicílio. Segundo a ANTT, em breve, essa funcionalidade de modificação de frota estará disponível em todos os pontos.

+ Fique por dentro de tudo o que acontece no Transporte e na Logística pelo Facebook

Com informações da Confederação Nacional do Transporte (CNT)

 

COMMENTS