Guia dos Transportadores esclarece novas regras do RNTRC

Guia dos Transportadores esclarece novas regras do RNTRC

Manual didático traz o passo a passo para a regularização do registro

Movimento grevista não parou o Brasil
ANTT prorroga prazo de validade do Certificado RNTRC
Trem de alta velocidade não ficará pronto no prazo, diz construtora

news-rntrc

Para facilitar a vida dos  transportadores rodoviários de cargas que desejam se inscrever, atualizar ou recadastrar RNTRC (Registro Nacional de Transportadores Rodoviários de Cargas), a ANTT (Agência Nacional de Transportes Terrestres) lança hoje o Guia dos Transportadores, manual didático que traz o passo a passo para o entendimento das novas regras para se obter o registro.

+ Motorista de caminhão será obrigado a fazer reciclagem ao atingir 14 pontos na CNH

De acordo com o guia, o procedimento será realizado em três etapas: cadastro e renovação de informações em ponto de atendimento credenciado; identificação visual dos veículos (adesivo); identificação eletrônica dos veículos (TAG). Tudo de acordo com a resolução 4.799/2015, que passou a vigorar no último dia 28.

Para a primeira etapa, o transportador deverá comparecer a um ponto de atendimento indicado pela entidade conveniada com a ANTT. Cada sindicato ou entidade pode ter mais de um ponto dentro dos municípios que fazem parte de sua base territorial.

+ Governo federal abre inscrições para programa Bolsa Piloto

Cada ponto de atendimento autorizado pela ANTT receberá um número de identificação que será apresentado no banner de divulgação no local. Devem ser oferecidos os serviços de cadastramento e recadastramento de transportadores, alteração de dados do transportador, modificação da frota de um transportador para outro, reimpressão do certificado do RNTRC, comunicado de extravio de adesivo; alterações de dados do transportador, exceto de domicílio; e consultas em geral.

As entidades devem disponibilizar o Serviço de Atendimento ao Transportador (SAT) para fornecer informações adequadas e claras sobre os serviços que prestam relacionados ao RNTRC. As informações devem ser prestadas imediatamente e as reclamações devem ser respondidas e resolvidas no prazo máximo de cinco dias úteis, a contar do registro.

news-rntrc 2010

Os pontos de atendimento não poderão realizar: alteração de domicílio do transportador, que deve ser alterado junto ao Detran; cancelamento e reativação de registro, conforme instrução no site da Agência.

Para a segunda etapa, o transportador receberá, diretamente no ponto de atendimento ou pelos correios, os adesivos para identificação visual do veículo, que deve ser realizada conforme padrões definidos pela ANTT.

Para a terceira e última etapa, a identificação eletrônica será realizada pela colocação de um dispositivo, conhecido como TAG, no para-brisa dos veículos, de acordo com o prazo a ser estabelecido pela ANTT, após definições do Denatran.

+ Fique por dentro de tudo o que acontece no Transporte e na Logística pelo Facebook

 

COMMENTS