Média do preço da gasolina sobe 10% nos últimos 12 meses

No nono mês de 2014, combustível era comercializado, na média, a R$ 2,96; já mesmo período deste ano, valor do litro chegou a R$ 3,27

Biodiesel: uma guerra pela quantidade da mistura
Logística ruim pode deixar algumas regiões sem gasolina no final do ano
Dados da ANP apontam para queda de 5,2% no preço do diesel

gasolina-combustivel-posto

Segundo dados da ANP (Agência Nacional do Petróleo), o preço médio do litro da gasolina no Brasil aumentou 10% nos últimos 12 meses. Já o do diesel S-10 subiu 12%.

Em setembro de 2014, a gasolina era comercializada, na média, a R$ 2,96. No nono mês deste ano, o valor do litro chegou a R$ 3,27. No Acre é onde se encontra o preço mais alto, custando cerca de R$ 3,79 e o mais baixo no Piauí, a R$ 3,15.

O diesel S-10 custava, no mesmo período do ano passado, R$ 2,64 na média nacional, e atualmente chega a R$ 2,95. Neste aspecto, o Acre também amarga o maior valor, que é R$ 3,42, já o menor está nos postos do Paraná: R$ 2,84.

No começo do ano, o governo federal determinou a elevação da taxa de PIS/Cofins, além de reativar a CIDE, para elevar a arrecadação. Isso, segundo especialistas, foi um dos principais agravantes.

“O aumento ocorre em cadeia. O combustível encarece o frete e isso impacta diretamente no preço final dos produtos”, comenta o economista e professor da UnB (Universidade de Brasília) Newton Marques. Pra ele, outro fator foi o aumento do preço cobrado nas refinarias. Além disso, o aumento do percentual de álcool na mistura com a gasolina também contribuiu, pois o preço do etanol está sujeito aos resultados da produção de cana-de-açúcar.

COMMENTS