Acidentes envolvendo atropelamento de pedestres nas rodovias paulistas concedidas cai 23,6%

Segundo ARTESP, foram registradas 295 ocorrências de janeiro a junho, ante 386 no mesmo período de 2014

Valores do prêmio tarifário do Seguro DPVAT serão menores em 2017
Câmara não aprova socorro 24 horas em rodovias federais
Método “canguru” de elevação do eixo traseiro pode trazer perigo para as estradas

ancheta-artesp-fiscalizacao

De acordo com um balanço da ARTESP (Agência de Transporte do Estado de São Paulo), houve queda expressiva na quantidade de acidentes com pedestres nas rodovias paulistas concedidas.

A redução foi de 23,6% nos atropelamentos. Ao todo, foram registradas 295 ocorrências de janeiro a junho, já no mesmo período do ano passado os casos chegaram a 386.

Sobre o número de acidentes fatais, a queda de 29,7% nos seis primeiros meses de 2015 ao somar 92 mortes, enquanto que no 1º semestre de 2014 foram 131 óbitos.

Apesar de representar 1,83% do total de acidentes nas rodovias concedidas do Estado, o atropelamento de pedestres é responsável por 30,88% das mortes ocorridas.

De acordo com projeção do Programa de Redução de Acidentes, até 2020 as concessionárias devem reduzir em 50% o número de mortes em rodovias e em 20% o número de feridos, em relação aos registros de 2010.

A ARTESP monitora os acidentes ocorridos nos 6,4 mil quilômetros de rodovias sob concessão e controla as ações realizadas pelas 20 concessionárias.

COMMENTS