Fluxo de veículos em rodovias privadas cai 1,2% no 1º semestre

Números correspondem ao Índice ABCR de Atividade; tráfego de veículos pesados apresentou queda de 5,7%

Fluxo de veículos nas estradas concedidas à iniciativa privada cai 0,2% em setembro
Fluxo em rodovias privadas cai 0,4% em novembro
Fluxo de veículos nas rodovias privadas cai 3,6% em fevereiro

rodovia-sp055

O Índice ABCR de Atividade da Associação Brasileira Concessionárias de Rodovias do primeiro semestre registrou queda de 1,2%, na comparação com o mesmo período do ano passado. Isso significa que no período analisado, o fluxo de veículos pesados nas estradas concedidas à iniciativa privada caiu 5,7% e o de veículos leves ficou praticamente estável, com aumento de 0,3%.

Nos últimos 12 meses, o indicador registrou queda total de 0,2%, com decréscimo de 4,6% no tráfego de veículos pesados e aumento de 1,3% do de veículos leves.

“O que vemos é o reflexo de outros indicadores de atividade econômica como a produção industrial, que está diretamente relacionada com o movimento nas estradas”, analisa Rafael Bacciotti, economista da Tendências Consultoria. “A atividade econômica enfraquecida, que tem gerado um acúmulo indesejado de estoques, explica a debilidade da produção industrial nos últimos meses e, consequentemente, da queda no tráfego de caminhões nas estradas concedidas”, complementa.

Ao comparar junho de 2015 com maio de 2015, considerando dados dessazonalizados, o Índice ABCR apresenta crescimento de 1,5%, com queda de 0,8% no fluxo de veículos pesados e aumento de 1,8% no movimento de veículos leves. Na comparação de junho 2015 com junho de 2014, o indicador teve acréscimo de 1,1%, queda de 1,5% no tráfego de veículos pesados e avanço de 2,1% no movimento de veículos leves.

COMMENTS