Aeroporto de Guarulhos (SP) recebe certificação para operar sistema de pousos inédito no Brasil

Com o ILS Categoria III-A, unidade está apta a executar procedimentos de aproximação e pouso por instrumentos em baixas condições de visibilidade e teto

Embraer entrega 34 aeronaves no 3º trimestre
Leilão de objetos da VASP arrecada R$ 8 mil
Embraer anuncia série de vendas em evento na França

cumbica

A administração do Aeroporto Internacional de Guarulhos (SP) anunciou nesta semana que obteve certificação da Anac (Agência Nacional de Aviação Civil) para operar o Sistema de Pousos por Instrumentos ILS (Instrument Landing System) Categoria III-A.

Com isso, fica assegurado que a infraestrutura instalada possibilita a execução de procedimentos de aproximação e pouso por instrumentos em baixas condições de visibilidade e teto, por tripulações e aeronaves capacitadas.

O aeroporto é o primeiro do Brasil com a categoria. Galeão, no Rio de Janeiro, e Afonso Pena, em São José dos Pinhais, também contarão com o sistema futuramente.

Até junho deste ano, o aeroporto operava com o ILS-Categoria II, que permitia pousos com visibilidade de até 400 metros. Agora, com a versão Categoria III-A, as aeronaves poderão pousar com visibilidade de até 200 metros e sem teto (zero metro).

Com o ILS-Categoria III-A, os parâmetros mínimos de teto e visibilidade ficam alterados, possibilitando uma menor restrição às aeronaves e às tripulações capacitadas, diminuindo, assim, a necessidade de alternar voos para outras localidades.

COMMENTS