Novo Ipanema 203 da Embraer realiza seu primeiro voo experimental

Aeronave conta com dois metros a mais de envergadura de asa em relação ao modelo anterior e hopper com capacidade 16% maior em volume

Início de dezembro trará marca histórica de movimentação de pacotes pela FedEx
Embraer apresenta maior jato produzido no Brasil
Indonésia emite certificado para operações com aeronave Legacy 650

embraer-aviao-agricola

A unidade pré-série do novo avião agrícola Ipanema 203 desenvolvido pela Embraer voou pela primeira vez nesta quinta-feira (16/4), na Unidade da Embraer em Botucatu (SP), onde a aeronave é produzida.

O Ipanema 203 possui dois metros a mais de envergadura de asa em relação ao modelo anterior e hopper com capacidade 16% maior em volume. A nova envergadura da asa permite uma faixa de deposição 20% maior.

Depois de pesquisas em conjunto com a Escola de Engenharia de São Carlos (EESC), as pontas das asas foram reprojetadas, resultando na diminuição da área lateral da aeronave, aumentando o controle e melhorando a eficiência da pulverização.

“As melhorias incorporadas no Ipanema ao longo dos anos, para atender às necessidades dos clientes, explicam o sucesso da aeronave”, disse Fábio Bertoldi Carretto, Gerente Comercial da Embraer para o programa, que é o mais longevo da Empresa, com 43 anos de produção ininterrupta. “Estamos trazendo para o mercado uma aeronave mais avançada, com ganhos na produtividade, conforto e que seguirá tendo o melhor custo-beneficio do mercado, sendo a única do mundo produzida em série para voar com etanol”.

COMMENTS