Arrecadação com IPVA alcançará marca de R$ 32,7 bi neste ano

Arrecadação com IPVA alcançará marca de R$ 32,7 bi neste ano

Cerca de R$ 27 bilhões foram recolhidos em 2014, o que representa um aumento de 21,72% em relação a 2013

Índice de Variação da Arrecadação Tributária de janeiro deste ano atinge 21,73 pontos percentuais
IBPT lança novo sistema de medição de tributos
São Paulo arrecadou R$ 1.520 por segundo com multas em 2012

credito-veiculos-aquisicao

Segundo um estudo do IBPT (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) referente ao IPVA (Imposto sobre Propriedade de Veículos e Automotores) de 2014, cada brasileiro irá pagar, em média, R$ 161,55 de tributação estadual, o que significa que serão recolhidos R$ 32,7 bilhões.

No ano passado, a arrecadação no País foi de R$ 26,910 bilhões, o que representa um aumento de 21,72% em relação a 2013. No Brasil, a frota atinge mais de 86,7 milhões de veículos.

O Estado mais caro é São Paulo, o IPVA chega a R$ 307,13 por pessoa. O segundo mais caro é cobrado no Distrito Federal, equivalendo a R$ 248,13 por habitante; Rio Grande do Sul aparece em seguida, com R$ 199,78; Santa Catarina, com R$ 199,59; e Paraná, com R$ 191,23.

Já o Estado do Maranhão é o que cobra o menor valor do IPVA dos habitantes, equivalente a R$ 47,28 por maranhense. A lista tem ainda os Estados da Paraíba, onde o imposto pago é de R$ 53,26; Pará, com R$ 53,74; e Alagoas, com R$ 57,88 por habitante.

Como as alíquotas do IPVA variam por Estado, é possível examinar a migração dos contribuintes proprietários de veículos para os locais que oferecem a menor tributação.

“O Paraná, por exemplo, é o sexto Estado mais populoso do País, mas sua frota de veículos perde apenas para os Estados de São Paulo e Minas Gerais, que possuem 13.524.340 e 9.437.008 veículos, respectivamente”, diz o presidente executivo do IBPT, João Eloi Olenike.

COMMENTS